segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Pérolas de Comentários

Me divirto com os comentários que alguns leitores deixam aqui na SD. Este foi escrito no post Tipos de Boceta de uma versão do blog que eu uso para rascunho, mas publico aqui, pois poesia nunca é demais.

danrley deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Tipos de Buceta":

muintos de vcs ao tem namorada so falao pra fica se ezibino eu falo eu nao to namorando mais mesmo asim fasso sexo quase todo os dias so catando as putas novinhas na rua só joga ul lero que quando vc for ver ela ta sentada no seu pau e falando me aronba

Continuem comentando e trazendo alegria e diversão para nossas vidas.

sábado, 27 de outubro de 2012

Liberdade Para os Sentidos

Nunca entendi esse slogan do Bacardi Big Apple de dizer "liberdade para os sentidos", mas como fala em liberdade e ainda é uma bebida alcoólica, vale publicar o comercial aqui. Que acham do comercial?



Se alguém entender, por favor me deixe um comentário explicando. Agradecido.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Comprando Camisinhas

Lembra quando você tinha acabado de perder a virgindade e precisava ir à farmácia comprar camisinhas? Lembra que você ficava super sem-graça achando que os atendentes iam te julgar? Lembra que você ficava nervoso, imaginando tudo que poderia dar de errado ao executar esta simples tarefa de comprar preservativos? Pois bem... Aqui essas coisas acontecem.


Tá em espanhol e sem legendas, mas nem precisa.

domingo, 14 de outubro de 2012

Presente


Engraçado que, quando tem escrito "foi Deus quem me deu", é sempre um carro furreca. Exu Caveira tá bem mais generoso...

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Música Dionisíaca da Semana: O Toque

Uma música que, ao que tudo indica, fala sobre abrir seu coração e não se limitar a um único amor, superar restrições e encontrar e respeitar sua vontade. Amar é lindo e quanto mais melhor!


Vem ficar comigo e pegue
Toda forma de paixão e ocasião
Que a vida só concede
A quem liberta o coração
Siga a força que persegue
A criança que não teme
O tombo e consegue
Superar a tal barreira
Brincando com a razão
Se livrar do alçapão
Armadilhas que apontam
Para um sonho tolo que não é teu
Não é a tua paixão
Se ligar no ensejo
Que afirma a realização
Do teu desejo mais ardente
E amar, soltar o seu coração

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Quarta-feira é dia de jazz, bebê!

Sabe quando aquele seu amigo desocupado te chama pra fazer algo a noite durante a semana e você nunca vai porque sabe que vai ser tenso acordar cedo no dia seguinte? Grande erro! O Jazz do Sobrado definitivamente vale a pena.


Um oásis no meio da semana. Esta é a melhor definição deste evento que acontece todas as quartas-feiras a partir das 23 horas no Pica Pau Cultural (Rua da Lapa, nº 141 / Sobrado - em cima da Sinuca Tico Taco, onde rola blues simultaneamente ao jazz) e que representa um refúgio quase lírico para a paisagem árida que é a vida de gente grande durante a semana. Lá você vai encontrar música de qualidade, cerveja, gente pra lá de interessante e muito mais!

No jazz, todos somos sátiros!
O Trio do Sobrado é um grupo formado por amigos de longa data que compartilham a mesma paixão pela música instrumental e formaram o trio para as apresentações no evento Jazz do Sobrado que, após a 8° edição mantendo uma média de público de 200 pessoas por noite, formaram o trio que carrega o nome do evento, o Trio do Sobrado. Com Leandro Freixo no teclado, Berval Moraes no baixo e Guga Pellicciotti na bateria, são impulsionados por um público ávido por arte, gerando uma troca energética facilmente percebida na música, com interpretações viscerais e canjas muito interessantes.


O espaço é uma atração à parte. As paredes estão repletas de pinturas, poesias, frases filosóficas e todo tipo de interferência, muitas vezes feitas pelo próprio público frequentador - eu mesmo já deixei a minha. Pode-se ler citações que vão de Adélia Prado a Alexandre Frota. E cada vez que eu vou lá encontro algo novo; nunca sei se eu ainda não tinha reparado ou se é uma contribuição nova - e isso é parte da graça da coisa.

Poesia de Adélia Prado na parede.
Confesso que não sou entendedor de música - negação seria a palavra certa -, mas de ambientes e experiências dionisíacas eu entendo, e este evento está mais do que aprovado. Tenho comparecido nos últimos 3 meses e, se perdi uma quarta-feira, foi muito. Não brinco ao dizer que ouvir a banda assim, de pertinho, num palco ao nível do público, ao lado de pessoas exóticas deixando-se levar pela música e cercado de poesia é como, por um momento, estar numa realidade paralela, num mundo habitado por sátiros, ninfas e até alguns duendes e outras criaturas que deveriam habitar apenas o nosso imaginário, mas que, uma vez por semana, nos fazem companhia.

Público e música são um só.
Já levei alguns amigos pra lá e todos concordaram com meu depoimento. Compareça hoje e venha nos dizer o que achou!


domingo, 7 de outubro de 2012

Conselho pra esta eleição...

Roubei lá da página da ATEA no facebook e acho um bom conselho pra se ter em mente hoje na hora de ir às urnas. Essa brincadeira de misturar religião e política já encheu o saco.


sábado, 6 de outubro de 2012

A boa do fim de semana é tomar banho de sol

A Sociedade Dionisíaca foi crucificada, morta e sepultada, mas agora ela ressuscitou e está pronta para retomar sua ascensão rumo aos céus. E já estava mais do que na hora de recuperar uma das colunas mais queridas do blog: a boa do fim de semana!

Sei que esta é repetida, mas o dia está lindo lá fora e você aí no computador procurando mulher pelada... Vamos mostrar um pouquinho do que você está perdendo. Seja na beira da piscina ou no quintal da sua casa, sozinho ou acompanhado, não deixe de aproveitar o sol lindo que está lá fora. Tenho certeza de que será muito prazeroso.


quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Beber vinho é o segredo para um casamento feliz

Um estudo neozelandês concluiu que casais que reservam um momento do seu dia para beberem juntos um copo de vinho tendem a desfrutar mais da relação do que os que não têm este hábito.

A pesquisa foi realizada por uma equipe de pesquisadores da Universidade de Otago, na Nova Zelândia e foram entrevistados mais de 1.500 casais, que responderam sobre suas relações e seus hábitos de bebida. A conclusão foi que, quando os parceiros ingerem, em média, a mesma quantidade de álcool por semana e ao mesmo tempo, a felicidade tende a crescer.

Além disso, os autores do estudo coordenado por Jessica Meiklejohn constataram que os sinais de satisfação com a vida doméstica tendem também a aumentar sempre que os companheiros partilham um desses momentos.

De acordo com os resultados, as mulheres têm tendência a ficar quatro vezes mais felizes caso bebam um copo de vinho com o parceiro uma vez por semana, enquanto a felicidade dos homens triplica. Segundo a equipe, "foi encontrada uma associação evidente entre o tempo que se passa bebendo como casal e as probabilidades do mesmo ser feliz".

Aqueles que disseram beber vinho, de forma moderada, na companhia do esposo ou esposa, pelo menos uma vez por semana, foram também os que mostraram maiores indícios de felicidade quanto à relação - 91% desfrutavam da companhia um do outro.

Estes indícios caíram para 69% nos casos em que os casais nunca partilhavam uma bebida, sendo os mais insatisfeitos (54%) aqueles que não ingerem álcool mas cujo companheiro tem como hábito um consumo elevado deste tipo de bebidas.

A autora do estudo, Meiklejohn, afirma que são necessários mais estudos pra se entender a relação entre o consumo partilhado de álcool e a felicidade enquanto casal. Eu afirmo que está mais do que óbvio: a bebida relaxa, a bebida alegra e a bebida excita. Alguma dúvida de que um casal que bebida junto vai ser mais feliz do que um que fica vendo novela?

Um brinde!

[Oráculo: Daily Mail]

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Bebida e Remédios

Sempre tive curiosidade sobre esse lance de não poder beber quando se está tomando remédios. Lembro de uma amiga minha falando "meus pais são médicos e me disseram que não havia problema". Talvez mais pessoas já tenham me afirmado coisa parecida. Já vi gente dizendo que corta o efeito. Já vi gente dizendo que faz mal... Enfim... Acho que tem mais opiniões sobre isso do que sobre o tal do Apocalipse Maia. Qual a verdade então?


Semana passada achei duas notícias que me ajudaram a esclarecer um pouco isso. A primeira diz que alguns remédios não se dissolvem completamente no trato gastrointestinal. Os pesquisadores testaram então se com o álcool, essas drogas poderiam se dissolver mais facilmente e descobriu-se que a combinação intensificava o efeito do medicamento. Foram testados 22 remédios e 60% deles apresentaram mostras que teriam os efeitos superdimensionados. Estima-se que ao menos 5 mil medicamentos vendidos atualmente tenham seus efeitos alterados pelo álcool.

O segundo artigo foca nos medicamentos (uso, conservação, descarte, jejum, etc.), mas termina dizendo com quais medicamentos o álcool não deve ser misturado e porque. Decore a listinha abaixo ou faça como eu e trate tudo com vinho em vez de remédios. Não há mal que um bom vinho não cure.

  • Analgésicos, antitérmicos ou anti-inflamatórios: pode causar problemas no estômago
  • Antidepressivos: pode aumentar a pressão arterial e diminuir o efeito
  • Antibióticos: pode provocar vômitos, dor de cabeça e até convulsão
  • Antidiabéticos: pode desencadear hipoglicemia (queda de açúcar no sangue) severa
  • Medicamentos cardiovasculares: pode causar vertigens e desfalecimento
Se o assunto ainda te interessar, recomendo este link para mais informações.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Bodyscapes

Nesse projeto pra lá de bacana, o fotógrafo americano Allan Teger usa o corpo humano como paisagem pra cenas cotidianas montadas com bonequinhos e objetos em miniatura. O artista dá um novo significado a expressões como "monte de vênus" ou "vale entre os seios". Achei o resultado bem bacana. E vocês?


[Oráculo: Hypeness]

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Consumo de álcool pode aumentar o risco de câncer

É, amigos... A notícia é triste, mas é importante informar, né?

Cientistas da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, informaram na última quarta-feira (22/08) a primeira evidência de que o consumo de bebidas alcoólicas aumenta o risco de alguns tipos de câncer, como o de esôfago.


Segundo a autora Silvia Balbo, que liderou o trabalho, o corpo humano metaboliza – ou seja, quebra – as moléculas de álcool contidas em cervejas, vinhos e destilados, formando outros compostos. Uma das substâncias formadas a partir desse metabolismo é chamada de "acetaldeído", que tem estrutura semelhante a um conhecido composto cancerígeno, o "formaldeído" - ligado a tumores nos pulmões, nariz, cérebro e sangue (leucemia).

Por meio de experimentos em laboratório, os pesquisadores observaram que o acetaldeído também pode danificar o DNA, o que pode levar ao câncer. Para testar a hipótese, dez voluntários tiveram que beber doses crescentes de vodka (até três) uma vez por semana, durante três semanas. Os pesquisadores descobriram que, horas após a ingestão de álcool, os níveis de alterações no DNA aumentavam até 100 vezes nas células da boca dos indivíduos, e diminuíam depois de 24 horas. O mesmo efeito foi observado nas células sanguíneas.

Mas não há motivo para desespero. De acordo com Silvia, a maioria das pessoas tem um mecanismo de proteção natural altamente eficaz contra o efeito do álcool no DNA: uma enzima chamada "desidrogenase", que converte o acetaldeído em acetato, uma substância relativamente inofensiva.

Ao que tudo indica, apenas uma pequena parte da população (menos de 30% dos asiáticos e alguns americanos). A descoberta não deve, portanto, preocupar a maioria da população que, além de não ser asiática, bebe socialmente.

[Oráculo: Bem Estar]

Estudo afirma que sexo oral melhora o humor

E não é o humor de quem está sendo chupado!

De acordo com estudos recentes da Universidade de Nova York, o sexo oral é bom para a saúde da mulher e a faz se sentir mais feliz. Os pesquisadores afirmam que as mulheres que praticam sexo oral sem camisinha são menos deprimidas e têm um melhor desempenho em testes cognitivos.

Foram entrevistadas 293 mulheres, que tiveram sua vida sexual e sua saúde mental avaliadas. Os cientistas constataram que a felicidade entre as mulheres sexualmente ativas e que não fazem uso da camisinha, parece ser derivada de uma função das composições químicas do sêmen que atuam no corpo. O plasma contém pelo menos três agentes anti-depressivos: a tireotrofina, hormônio associado ao aparelho reprodutor feminino, a melatonina, que induz o sono, e a serotonina, que melhora o humor.

Por outro lado, o sexo oral com o uso da camisinha indicou mulheres com um índice de depressão equivalente às que não têm vida sexual ativa.

[Oráculo: O Dia]

sábado, 11 de agosto de 2012

Choque de Ordem

Vídeo protesto feito por cidadãos cariocas indignados com o que é visto no dia a dia de nossa cidade.


Sem comentários...

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

terça-feira, 7 de agosto de 2012

EXòTIK FetNigh

Agora que o blog da SD está voltando às suas atividades normais, nada mais justo do que voltarmos com nossas parcerias e promoções de festas, né? Pois bem, começamos com esta festa estilo BDSM. A promoção é muito simples: quem imprimir o flyer com o selo da SD paga o valor de lista amiga A NOITE TODA. Eu vou, e você?



Estilo, Fetichismo, Música e Diversão

Um evento no nível das melhores festas internacionais, como Torture Garden, Fetish Retinue, FetishEvo, Alter Ego, Fetish Ball e outras. Então vamos caprichar no visual, tire o seu latexzinho básico do armário e se prepare!!

Dress Code : Fetish, Couro, Latex, Lingerie, Vinil, Style Sexy, Goth, Cyber e All Black

***Desfile de Moda Fetichista com vários estilistas alternativos***

***Fetish Fashion Expo rolando a noite toda no Open Air Playground***

Djs:

DJ Miss Lilith (Goth Box) Dark Cabaré, 80's, Post Punk, Symph Pop, New Ave

DJ Lord Baal (FetNight's) Dark Wave, Neue Deutsche Härte, Goth Rock, Industrial Rock e Dark Eletro

DJ Finno (Miss Sexy) Synth Moderno, Futurepop, Aggrotech, ElectroPop, EBM

***Performances com Metatron e rashna{|M|}***

***Performance com Castelo do Fetiche***

***Acessórios e Mobilia SM a disposição do público***

#2MinutosdePoesia com bruna{|PHIL|}
É um momento em que qualquer pessoa poderá recitar uma poesia erótica

SERVIÇO:
Local: Kabarett Zoubert
Dia: 10/agosto/2012, sexta-feira
Horário: 22h
HOMENS: R$40,00 (R$30,00 Lista até 01:30)
MULHERES: R$20,00 (R$10,00 até 01:30)
C.D: R$30,00 (a noite toda)

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Vice-ministra é demitida após cair na net.

Karina Bolaños (que eu acho que nada tem a ver com o Chaves), vice-ministra da Juventude da Costa Rica, foi demitida na segunda-feira passada (dia 30/07/2012) após um vídeo íntimo seu cair na net.

Ela afirma que o vídeo foi feito em 2007 e que era vítima de extorsão há um ano. Apesar de considerar uma injustiça, Karina diz respeitar a decisão do ministro de Cultura e Juventude, Manuel Obregón, sobre seu afastamento.

Ela assumiu o cargo em 2006, então fico quase inclinado a respeitar a decisão de demiti-la, mas foi tão grave assim? Pelo que entendi, ela só ficou falando que amava o cara e queria que ele estivesse ali. Teria feito diferença se ela trajasse um biquini em vez de calcinha e sutiã?

Veja o vídeo e tire suas próprias conclusões.


[Oráculo: Super Pérolas]

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Eu Acesso: Cone

Rua das Marrecas, esquina com a Evaristo da Veiga, no centro do Rio de Janeiro. O flagra a seguir foi-nos enviado pelo Antônio "Pupi" Gaspar de Gouveia.


Se você também quiser prestar sua homenagem à Sociedade Dionisíaca, basta enviar uma foto sua com qualquer referência ao blog (um SD escrito pelo corpo, uma tela com o blog aberto, a imagem d cabeçalho colada na parede...) para o nosso e-mail: sociedadedionisiaca@gmail.com. Vale incluir algum recadinho pra ser publicado junto.

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Pouco acima daquela alvíssima coluna

Tive que roubar do Sensual Ascese!



Pouco acima daquela alvíssima coluna
que é o seu pescoço, a boca é-lhe uma taça tal
que, vendo-a, ou, vendo-a, sem, na realidade, a ver,
de espaço a espaço, o céu da boca se me enfuna
de beijos — uns, sutis, em diáfano cristal
lapidados na oficina do meu Ser; outros
— hóstias ideais dos meus anseios,
e todos cheios, todos cheios
do meu infinito amor . . .
Taça
que encerra
por
suma graça
tudo que a terra
de bom produz!
Boca!
o dom
possuis
de pores
louca
a minha boca!
Taça
de astros e flores,
na qual
esvoaça
meu ideal!
Taça cuja embriaguez
na via-láctea do Sonho ao céu conduz!
Que me enlouqueças mais... e, a mais e mais, me dês
o teu delírio... a tua chama... a tua luz...


Hermes Fontes (1888-1930)

terça-feira, 31 de julho de 2012

Sexo em Praia na Romênia

Achei uma notícia no G1 sobre um turista que flagrou um casal transando em praia na Romênia e fez um vídeo de 30 segundos, mas não achei o vídeo em si nem no site da Globo nem em lugar nenhum da internet. Mas, durante minha busca, localizei um vídeo de safadezas acontecendo em praias do mesmo país NO YOUTUBE!


Salvem antes que seja deletado!

Feliz Dia do Orgasmo!

Hoje é dia de celebração no calendário dionisíaco! Feliz dia do orgasmo pra todos vocês, meus caros 5 leitores! Sabem como isso começou? Segue o texto da querida wikipédia.

O Dia Mundial do Orgasmo foi informalmente criado na Inglaterra no dia 31/07/1999 por redes de sex shops. Estas realizaram pesquisas que revelaram que 80% das mulheres inglesas não atingem o clímax em suas relações. Em termos de insatisfação sexual, os brasileiros não ficam longe. Um estudo conduzido pelo Projeto de Sexualidade da USP (ProSex) detectou que 50% das brasileiras têm problemas relacionados à falta de orgasmo. Cerca de 12 milhões de homens sofreriam de alguma disfunção sexual.


Tá na cara que é marketing puro dos sex shops pra venderem mais vibradores com a desculpa de proporcionarem os esperados orgasmos dos quais esses 80% das mulheres carecem - a gente já viu coisa parecida na criação do mês da masturbação -, mas não deixa de ser uma causa justa e com frutos positivos. Gozar é bom e todos deveriam ter acesso a esse prazer.

Pra você que não quer gastar dinheiro na sua busca pelo orgasmo, fica a única dica que você realmente precisa: PRATIQUE. Pratique sozinho, pratique com seu parceiro, pratique com seu amigo imaginário. E preste atenção no que seu corpo te disser. Qualquer dificuldade, mantem um e-mail para sociedadedionisiaca@gmail.com que eu irei em seu auxílio.

Deixo vocês com alguns links que têm a ver com o assunto.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Vinho Vs. Bambolês

A malabarista Annabel Carberry, do grupo The Lost in Translation Circus, apresentou recentemente o espetáculo "A Glass of Red" (uma taça de tinto) em que manobra bambolês enquanto se esforça para servir e tomar uma taça de vinho.

A tarefa é claramente complicada, mas qualquer um sabe que um profissional como Annabel resolveria o intento sem grandes dificuldades. A performance, no entanto, é hilária. Só vendo pra entender. Beber uma taça de vinho nunca foi tão difícil.


Eu contei. Foram 25 bambolês!

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Sociedade Epicuréia

Uma amiga acaba de me passar um link que me deixou abismado. Parece que a Sociedade Dionisíaca já existiu, no século XIX. Além da filosofia por trás da parada, até a porra do nome é parecido: Sociedade Epicuréia. Entre seus ilustres fundadores estava ninguém menos que Álvares de Azevedo!

Confiram o texto abaixo retirado do site Alameda Virtual. Qualquer semelhança talvez não seja mera coincidência.

A Sociedade Epicuréia foi criada durante a 2ª fase do Romantismo no Brasil (1850-1860), considerada um grupo para reuniões entre os poetas da época. Sendo um verdadeiro ponto de encontro para os jovens estudantes, a sociedade não prezava apenas a velha e boa arte literária, mas também cultivava outros hábitos entre seus membros.

O termo Epicuréia provém do nome Epícuro, um grande filosofo grego que tinha como principal teoria a defesa dos prazeres terrenos e do materialismo. Assim, a sociedade era considerada um grupo para a prática de orgias, culto ao macabro e representava o point das noites boemias do mal do século. Em geral, os poetas se reuniam para beber conhaque, fumar charutos e, quem sabe, falar sobre literatura.

A fundação da Sociedade Epicuréia aconteceu em meados do século XIX na cidade de São Paulo. Jovens de todos os cantos do Brasil chegavam à capital para estudar da Faculdade de Direito São Francisco. Ao longo do curso, os estudantes permaneciam instalados em repúblicas e possuíam uma vida noturna bem agitada.

Os boêmios universitários tinham hábitos bem fora do comum, como os passeios noturnos pelos cemitérios. Cerimônias macabras regadas a muita bebida alcoólica e tabaco também embalavam a vida dos jovens. A Sociedade Epicuréia contava com a presença de prostitutas, que participavam de ritos nas necrópoles paulistas.

Os fundadores da sociedade foram Bernardo Guimarães e Álvares de Azevedo, dois grandes nomes do Romantismo no Brasil. Foi durante a manifestação do mal do século que o sentimento de pessimismo predominou sobre a produção lírica, em especial quando se diz respeito aos textos de Álvares de Azevedo.

Os encontros da Epicuréia eram marcados pelo culto à noite, onde os aspectos mórbidos da existência eram abordados nas poesias. Dessa forma, os jovens estudantes de Direito se submetiam a evasão da realidade, optando pelo sonho, loucura ou até mesmo a morte. Para o membro da Sociedade, o óbito não representava uma fatalidade, mas sim uma chance de acabar com o tédio da vida, com as limitações terrenas.


Os membros da sociedade costumavam ler romances de Lord Byron, um hábito que influenciou na criação literária estudantil da época. O egocentrismo era um aspecto presente em todas as poesias escritas durante o mal do século, aliado aos sentimentos de saudade, tédio e tristeza. Para romper com os dilúvios, era necessário viver os prazeres da vida boemia.

Álvares de Azevedo foi fruto da Epicuréia, afinal, ele desenvolveu o seu estilo entrando em contato com a filosofia da sociedade. O poeta tinha uma personalidade introspectiva, mas uma inteligência incomparável. Muitos universitários seguiram a linha de Álvares de Azevedo, aproveitando as noites sem se preocupar com a saúde ou com a realidade da burguesia da época. Assim, muitos membros da Epicuréia acabaram morrendo jovens, vítimas de tuberculose. Até Álvares de Azevedo tinha o curioso costume de anotar os nomes dos colegas que faleciam nas paredes da Faculdade de Direito.

Casimiro de Abreu, Fagundes Varela e até Castro Alves foram alguns dos grandes nomes da Literatura Brasileira que participaram da Sociedade Epicuréia.

Quem quiser ler mais sobre Epícuro e sobre a Sociedade pode dar uma conferida neste outro link.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Pintor de nove anos já é quase milionário

O pequeno Kieron Williamson, de apenas 9 anos de idade, teve 24 de suas pinturas vendidas na semana passada por um total de 250.000 libras (cerca de R$ 790.000).

O garoto é feio, mas os quadros são bonitos.

Nesta semana, uma exposição na cidade de Holt, na Inglaterra, mostra ao público uma retrospectiva de seu trabalho. São mais de 100 obras, incluindo os primeiros quadros de Kieron, feitos quando ele tinha apenas 5 anos.

Na abertura da exposição, no dia 20, também foi lançado o livro Kieron Williamson: Coming to Light, em que os pais do menino contam a trajetória do menino.


terça-feira, 26 de junho de 2012

A Folha

A banda me foi apresentada por acaso e a mera descrição da primeira música produzida pelos Criadores de Acaso já me conquistou. Depois me encantei com o clipe, que é de uma inspiração dionisíaca inquestionável. Confiram.

"A música chama-se "A folha" e trata de liberdade, transgressão, vontade..."


Era uma vez uma folha livre
Que um dia só se soltou da árvore
Uma folha que ainda não tocou o chão
Ela só quer voar sem direção

Ela voa só
Mostra ao destino o que é melhor
E ela voa assim
Como alguém que o vento guiará
Alguém que eu quero ser

Dorme sem pensar no seu dia amanhã
Deixa se levar a um caminho, um lugar
Uma folha que não tem nenhum receio
Ela não quer mais viver em vão

Ela voa só
Mostra ao destino o que é melhor
E ela voa assim
Como alguém que o vento guiará
Alguém que eu quero ser

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Sociedade Dionisíaca Adverte!

A falta de contato com novas ideias pode atrofiar o cérebro.


Contribuição do meu pupilo, Antônio. Mandou benzão!

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Orgia Enogastronômica

Escrevi a cartinha a seguir pra ajudar o trabalho de uma amiga sobre enoturismo, mas acho que faz sentido publicar aqui. Ainda mais agora que estou planejando um clube do vinho com o povo da SD no facebook.

Orgia Enogastronômica

Participei de minha primeira orgia enogastronômica em novembro de 2010. Não se espante com o termo utilizado, caro leitor. Quando eu terminar meu relato, você verá que ele nada teve de exagerado. Se minha empreitada for bem sucedida, você também desejará se ver em meio a esse mundo de prazeres gustativos.

Fui iniciado através de um Clube do Vinho que eu frequentava, e sobre o qual tomei conhecimento pelo já habitual SPAM. Depois de alguns meses, surgiu a idéia de realizarmos uma viagem para Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul. No fim de semana escolhido, a cidade seria tomada pela 14ª Noite de Gala do Vinho Nacional no Dall’Onder Grande Hotel. O evento era caro, devo admitir, mas diante de todas as possibilidades que aqueles três dias nos reservavam, a quantia pedida parecia não mais que uma esmola.

O grupo se encontrou já no aeroporto do Galeão na sexta-feira a tarde. Muitos ainda não se conheciam, mas os gostos e as expectativas em comum criaram um entrosamento quase que imediato. Desembarcando em Porto Alegre, fomos recebidos pelo guia da Terra Bela Turismo, que havia organizado nossa viagem, e levados ao ônibus que nos transportaria até Bento Gonçalves. Aí sim a viagem começou de verdade...



Durante o trajeto, enquanto o guia animava o pessoal e contava algumas curiosidades sobre o evento, sobre os vinhos nacionais e sobre a cidade que visitaríamos, abriram a primeira garrafa de espumante. A primeira de incontáveis garrafas, devo ressaltar. Chegamos ao hotel e, enquanto o guia fazia nosso check-in, mais espumante foi servido! Algumas fotografias e muitas taças depois, finalmente subimos para nossos quartos.

Como ainda era tarde e o evento principal só aconteceria a noite, tivemos algumas horas para conhecer a cidade, fazer compras, visitar as dependências do hotel... Esse tempo se mostrou essencial, pois nos outros dias as atividades exigiriam todo nosso tempo disponível. Dei uma volta rápida pela cidade, mas optei por aproveitar meu tempo tomando um vinho à beira da piscina com o líder do clube, sua namorada e uma amiga que dividia o quarto comigo.

Pra fechar o primeiro dia em grande estilo, todos descemos em trajes de gala para o salão principal. Na verdade, eram dois salões enormes, com diversos estandes de vinho. Cada um de uma vinícola diferente e cada um com seus melhores vinhos à disposição do público. Era só escolher e estender a taça para degustar os melhores vinhos do Brasil. E, como nem só de vinho vive o homem, a produção do evento convidou um chefe de um dos melhores restaurantes de São Paulo para nos apresentar a culinária italiana através das regiões do país. Faço aqui um parêntese para confessar que não achei os pratos à altura do currículo, nem os vinhos à altura do evento. O ponto alto da noite foi o show com os Golden Boys, banda da velha guarda que deixava transparecer no palco o orgulho de quem revivia seus dias de glória.

Na manhã seguinte, acordamos e nos apressamos para visitar uma tanoaria (o local onde se fabricam as barricas de envelhecimento dos vinhos. Vimos todo o processo: das tábuas que chegam ao Brasil já cortadas a uma máquina gigantesca que empurra anéis de metal para finalizar ao barril, passando pela tosta que dá sabores diversos ao vinho.

Da Tanoaria, seguimos para a Casa Valduga, onde participamos de uma degustação especial com o dono da vinícola. Isso tudo, claro, depois de visitar suas caves subterrâneas, suas plantações e a área de empacotamento. Os vinhos foram todos muito bons, mas o que veio a seguir me fez dar pouca importância a eles: no restaurante da vinícola, novamente em uma área especialmente reservada para nós, experimentamos um almoço harmonizado com vinhos especiais da casa. Uma combinação mais gostosa que a outra. Fiz minha primeira sabrage neste dia. O dono da vinícola me instruiu a romper a parte superior da garrafa de espumante utilizando um sabre. Não é cortar ou retirar a tampa; a pressão interna da garrafa é tão grande que o menor impacto faz a garrafa “explodir” e lançar a parte que segura a rolha a alguns metros de distância.

Um descanso rápido no hotel nos preparou para a visita seguinte. Chegamos à fábrica da Chandon ao pôr-do-sol e fomos direto para uma palestra com o dono. Talvez o descanso tenha sido rápido demais, pois alguns foram flagrados cochilando enquanto o senhor falava e tentava nos apresentar seus vinhos. O ponto alto desta visita foi ver a extração do espumante de um grande tonel. Parecia chope e o gosto não era tão bom quanto o vinho pronto, mas...

Último dia de viagem e ainda tantos lugares para visitar... Após o café da manhã, fomos a uma queijaria localizada na beira da estrada. O lugar tinha uma fonte de vinho e o dono fez questão de nos dar uma prova de todos os queijos que ele tinha disponíveis. E não eram poucos.

Rumamos direto para a Miolo, a última vinícola a ser visitada. Eles têm na entrada uma amostra de todos os tipos de uvas que utilizam, o que me pareceu bem interessante. Visitamos novamente o local de envelhecimento e partimos pra mais uma degustação, desta vez no que parecia um laboratório de ciências dos tempos de colégio – largas bancadas posicionadas em degraus e um quadro branco na frente. Passamos na loja de souvenir e seguimos viagem.

Se você pensa que acabou, caro leitor, está muito enganado. Terminamos nossa viagem visitando uma legítima casa de colonos, com restaurante embaixo da casa e tudo. E não exagero em dizer: a comida servida ali dava de dez a zero na comida feita pelo chefe italiano. Tudo que nos foi servido era produto do trabalho da senhora que nos servia: dos legumes à sobremesa, passando pelas frutas, pelos ovos, pela carne e, claro, pelo vinho.

Pena que essa noite de gala só ocorre uma vez por ano. E ainda tem gente que fica ansioso pelo natal...

segunda-feira, 26 de março de 2012

Lei da Oferta e Procura

Comecei a assistir How I Met Your Mother e tenho achado bastante inspirador. Algumas pessoas comentam que eu sou parecido com o Barney (que ainda vai merecer um post próprio) e, como eu sou facilmente influenciável, tenho incorporado algumas manias dele. A mais divertida delas tem sido formular teorias sobre o funcionamento do universo. O Barney tem a Lei do Limão, a Hot-Crazy Scale, a Teoria da Paz Mundial, a do Novo é Sempre Melhor, e muitas outras...

Vou partilhar aos poucos algumas das teorias que eu inventar que mais têm a ver com a Sociedade Dionisíaca. Preparem-se, caros leitores dionisíacos, pois vocês estão prestes a se tornarem parte da história! Lerão em primeira mão a revolucionária... Rufem os tambores...

Lei da Oferta e Procura
É fato conhecido que o mercado valoriza mais os produtos mais raros. Quanto menor a oferta, maior a procura e mais caro um determinado produto se torna. Se a oferta aumenta, ele deixa de ser símbolo de status, seu preço diminui e em pouco tempo ele está no fundo de uma prateleira ao lado de artigos para jardinagem em um mercadinho qualquer do interior.

Quando uma pessoa decide se aventurar em um relacionamento amoroso, ela se retira do mercado para atividades sexuais mais fugazes, diminuindo assim a oferta de si mesmo e, consequentemente, aumentando a procura por parte das outras pessoas. É justamente por isso que ex-peguetes retornam e novos flertes surgem em números tão surpreendentes quando a gente resolve namorar, noivar ou casar. É a maneira que o Universo tem de castigar todos aqueles que cometem o pecado da monogamia.

A pessoa começa a se perguntar se fez a escolha certa. Se seu novo cônjuge é tão bonito, tão legal e tão bom na cama quanto a atriz pornô formada em direito que acabou de conhecer ou o bombeiro que acaba de salvar seu gatinho enquanto declama um poema de Manuel Bandeira. As consequências disso, meus caros, não podem ser outra coisa senão desastrosas. Levam a comparações, desejo, ciúme, insatisfação, depressão e até à morte!

Existe, no entanto, uma maneira de trapacear esta Lei do Universo. Uma brecha legal, por assim dizer: relacionamentos abertos. Desta forma, você pode "sair do mercado" sem sair de fato do mercado.

Testado, comprovado e aprovado por Will Vaz.


domingo, 25 de março de 2012

Os perigos da mente revolucionária

Padre Paulo Ricardo faz um "excelente" discurso nos ensinando os perigos de se rebelar contra uma realidade insatisfatória. Espero que vocês, leitores da Sociedade Dionisíaca, reflitam e encontrem a verdade.

sexta-feira, 23 de março de 2012

Tributo a Chico Anysio

Faleceu hoje, aos 80 anos, o ator e humorista Chico Anysio. Confesso que sempre achei ele muito sem graça por causa de personagens tolos como Alberto Roberto e Coalhada, mas acabei descobrindo alguns personagens pra lá de inteligentes há alguns anos. Eis aqui uma pequena homenagem com três ótimas esquetes que eu achei pelo youtube.

Justo Veríssimo - O político corrupto

Dr. Rosseti - O empresário que esconde sua homossexualidade

Tim Tones - O pastor ambicioso

E pra você? Qual o personagem mais marcante do mestre Chico Anysio?

quinta-feira, 22 de março de 2012

Vou-me embora pra Bruxelas!

Lá há pinturas por toda parte!
Lá as paredes são obras de arte!


Apesar do começo do post lembrar aquele poema sobre Pasárgada, estou falando de um lugar muito real. Parece que existe um costume de ilustrar os muros da cidade de Bruxelas, muitas vezes com cenas de histórias em quadrinhos. Imaginem você passear pela cidade e se deparar com Tintim, Asterix ou com uma bela pintura de mais de 9 metros de altura!