sexta-feira, 30 de abril de 2010

Post Messias #20

Hoje é véspera de Beltane, um festival Celta que comemora a chegada da primavera. Com um pouco de google é possível notar as semelhanças entre estas festas e as dedicadas a Dionísio. Feliz Beltane então. Evoé!


ÁLCOOL
Imagem: Jogos Mortais
Blog: Cervejetariano
Imagens: O bar mais bizarro do mundo
Imagens: 5 bons motivos pra tomar cerveja
Texto: Informações nutricionais nos rótulos de cerveja
Video: Homens com Talento
Imagens: Como fazer uma mulher beber cerveja
Video: Minha Namorada
Texto: 10 utilidades para vodka


ARTE
Imagens: Esculturas de Areia
Imagens: Fotos X Desenhos
Texto e Imagens: Tin Pan Alley e a Música Americana
Texto e Imagens: Bolhas, cor e personagens estranhos de Jacob Livengood
Texto e Imagens: As Esculturas eróticas de Jamie McCartney
Texto e Videos: The Great American Songbook
Texto: Alice e a Pedofilia
Texto e Imagens: A pintura com espátula de Leonid Afremov
Texto: O rock recontado em quadrinhos
Imagens: Pinturas de Tatuados
Imagens e Videos: Amostras de "A Centopéia Humana"

SEXO
Video: PornoGráfico
Texto e Imagens: As aparências enganam...
Texto: Perguntas e respostas
Texto e Video: Seios...
Texto: Você gosta do sexo virtual que recebe?
Texto: Falar safadezas
Imagens: VIP
Video: Decoração Vaginal
Video: MeuTeunoSeu penetrando na Erotika Fair
Texto: Prolapso Retal
Texto: Meninas, aprendam com os gays
Imagens: A maldade está na sua cabeça (???)
Texto: 34% das americanas querem mais sexo que seus parceiros
Imagem: Paquera no Flashmob
Imagem: Protetor Solar Fator 69
Texto: 10 desvios sexuais inofensivos


OUTROS
Texto: Mulheres promíscuas causam terremoto
Texto e Imagens: A Torre das Olimpíadas de 2016
Tirinha: Trote Bíblico
Imagem: PedoFolia 2010
Imagens: Mitologia Moderna


SOCIEDADE DIONISÍACA
E-mail & MSN: sociedadedionisiaca@gmail.com
Chat: group109667@groupsim.com

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Eu exijo uma explicação!

Alguém explica essa foto, pelo amor dos deuses?


A melhor resposta ganha um brinde.

O que Jesus faria?

Música batuta do grupo Axis of Awesome, que foi parar semana passada na lista do Bombou na Web com outro video (é só clicar no link pra ver). Neste, eles comentam que não adianta você se perguntar o que Jesus faria, porque ele é um apelão. O video não tem legendas, então simplesmente aceite. E, se você se perguntar o que Jesus faria nesse caso, eu respondo: ele traduziria magicamente o texto, talvez até dublasse com vozes mais afinadas e uma letra ainda melhor.


Ah! Foi dica do Nuno.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

sinuca de corno

eis um crônica escrita pelo meu pai:

"Pedro era pedreiro e morava na Pedreira Prado Lopes. Maria, sua mulher, era merendeira de uma escola ali perto.

João, seu melhor amigo, jogava capoeira. Pedro trabalhava muito e bebia muito também, por isso tinha pouco tempo para Maria e os filhos. Nos bares jogava sinuca até tarde com os amigos.

João era um negro vaidoso e andava de olho na merenda de Maria. Na tarde de sábado, João tomou banho, jogou um cheiro e um charme e bateu na caxanga de Maria. Ah! Não esqueceu a cervejinha.

Pedro, no botequim, com o taco na mão. Maria fritou a lingüiça. As crianças na cama. A bola três na caçapa.

- Perfume novo, João?
- É francês.

A bola quatro caiu, a bola cinco estava verde, mas caiu também; na bola seis Maria acendeu um cigarro.

Pedro passou o giz no taco.

Bola sete na boca. Caçapa do meio.

João pelado, Maria de calcinha.

O taco de Pedro espirrou na hora H."

A Arte Enquanto Performance Notável

Lendo um livro de auto-ajuda ("O Efeito Bis", de Mark Sanborn), encontrei um conceito deveras interessante para a idéia de arte. Basicamente o livro trata de como atuar de forma notável em qualquer área de nossas vidas e compara isso às performances artísticas (principalmente em xous) em que a platéia ovaciona o artista e ele retorna ao palco para um bis. Isso é um ciclo (a platéia estimula o artista que, estimulado, se apresenta ainda melhor e agrada ainda mais a platéia, que o aplaudindo mais para que ele permaneça no palco e por aí vai) e, segundo o autor, aplica-se a tudo na vida (jogar futebol, fazer sexo, criar seus filhos, administrar sua empresa, estudar).

Mas isso aqui não é um blog de auto-ajuda, então foda-se o livro. A questão aqui é um trecho que me pareceu muito interessante para ajudar a tentar compreender o conceito de arte. Sempre tento inutilmente definir e debater com meus amigos o que seria arte. Nenhuma idéia, por melhor que seja, parece dar conta de englobar tudo o que já foi considerado artístico até hoje. Mas este trecho, apesar de simples, tem muito a ver com o que eu ando pensando sobre arte. Não é bem uma definição, mas ajuda a explicar.

"Da Broadway a diretorias corporativas, aprendi que toda performance notável nos afeta. Elas:


Nos levam a agir.
Nos fazem sentir bem.
Nos fazem rir.
Nos estimulam a pensar.


Apenas as mais incríveis performances causam todos os quatro, mas ao longo do tempo aprendi que toda performance memorável causa ao menos um desses quatro impactos."

Não preciso nem dizer que acho o primeiro e o último os mais importantes. Também trocaria os dois do meio por "nos despertam um sentimento profundo", qualquer que seja ele. Uma performance notável pode nos fazer sentir muito mal e nos fazer chorar em vez de rir. Mas acho que é por aí que algo deve caminhar pra ser arte e concordo com Sanborn que este tipo de atuação pode e deve valer para tudo na vida, afinal, a vida é um grande palco e nós somos os atores.

Merda!

terça-feira, 27 de abril de 2010

Poesia Erótica

Uma amiga recorreu a mim, pois precisava de inspiração para fazer sexo virtual com o namorado que estava viajando. Segundo ela, faziam todo dia e imagino que estava perdendo a graça justamente por isso. Ela queria algo bonito e ainda excitante. Me procurou querendo poesias eróticas.

Infelizmente eu não conhecia nada de interessante, mas fui pesquisar pra ajudá-la. Encontrei um site português chamado Estúdio Raposa que me pareceu interessante. Ele disponibiliza um áudio com um cara falando sobre o autor e lendo alguns poemas (não recomendo que ouçam, porque ele interpretando tira toda a eroticidade do texto) e a transcrição. Algumas são realmente muito boas.

Darei a vocês uma amostra do que encontrei por lá. Esses dois poemas são de uma blogueira chamada Menina Marota. Não achei o título. Espero que gostem.

Deixo-me embalar pela música.
Fecho os olhos e sinto
o teu rosto mergulhar nas ondas do meu
cabelo.


As tuas mãos como plumas
percorrendo meu corpo.
Encostas-me à janela
e pressionas o teu corpo no meu.


Sinto uma volúpia quente
subir e fundir-se em mim.
Uma a uma, as peças vão desaparecendo
e eu estou ali,
nua, faminta, com as ondas
do meu corpo a chamarem-te ...


E tu vens, qual trovão em dias de
tempestade.
Para lá da janela, nada mais existe.
Somos nós, um só corpo
possuídos pelo mesmo desejo:
Amar ...

Fecho os olhos e
ousadamente
os meus lábios
tecem o teu corpo
na volúpia da tua pele.

As minhas mãos percorrem
calmamente,
sem pressa,
em carícias incontidas
em desejos refreados
de mulher-fêmea que
se solta nos teus braços.

Um instante abrasador
de loucura.
Nossas peles colam-se
suadas,
frementes
num amor arrebatado
que já não conseguimos conter.

Chuva fina de amor em exaustão -
limites para além da nossa paixão -
eu me dou no teu corpo vivido
bebes-me
sugas-me
a alma dentro do sentimento
em lençóis vermelhos para lá da imaginação.

Sem medos nem pudor
nossos corpos conhecem o caminho ...

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Enquanto isso, no engarrafamento...

No texto antes do vídeo é explicado que houve um grande acidente logo depois do túnel e os motoristas ficaram presos no engarrafamento por uma hora e meia. Eis como o casal ao lado resolveu passar o tempo.


Esses são dos meus...

A dica foi do casal Mari & Renan.

Harmonização de Cerveja

Essas sugestões de como combinar pratos e diferentes tipos de cerveja foram retiradas do livro Larrousse da Cerveja. Notem que são sugestões e não regras. A regra é experimentar tudo (que chato, né?) e ver o que funciona melhor de acordo com o SEU gosto.

Aves
Frango assado: Light Lager, Pilsner, European Amber Lager, Light Hybrid Beer, Porter, German Wheat & Rye Beer
Pato: Bock, English Pale Ale, Scottish & Irish Ale, American Ale, English Brown Ale, Porter, Stout, Belgian & French Ale, Belgian Strong Ale, Strong Ale
Peru: European Amber Lager, Dark Lager, Bock, English Pale Ale, Scottish & Irish Ale, American Ale, English Brown Ale, Porter, Stout, Belgian & French Ale, Belgian Strong Ale, Strong Ale

Carnes
Lombo de porco: Light Lager, Pilsner, European Amber Lager, Dark Lager, Bock, English Pale Ale, Scottish & Irish Ale, American Ale, English Brown Ale, Porter, Stout
Carneiro: Scottish & Irish Ale, English Brown Ale, Belgian & French Ale, Belgian Strong Ale
Bife de carne bovina: Dark Lager, Bock, English Brown Ale, Porter, Belgian Strong Ale

Peixes e frutos do mar
Bacalhau: English Pale Ale, Scottish e Irish Ale, American Ale, Belgian Strong Ale, Strong Ale Ostras Porter, Stout
Camarão frito: Light Lager, Pilsner, English Pale Ale, American Ale, Indian Pale Ale, German Wheat & Rye Beer, Belgian & French Ale
Atum: Dark Lager, English Pale Ale, American Ale, German Wheat & Rye Beer, Belgian Strong Ale
Salmão: Bock, English Pale Ale, American Ale, Belgian Strong Ale, Strong Ale
Sardinha: Dark Lager, Bock, English Pale Ale, American Ale, Indian Pale Ale, Belgian Strong Ale, Strong Ale, Smoke-Flavored & Wood-Aged Beer

[Oráculo: D.O.C.]

domingo, 25 de abril de 2010

Dia da Heresia

Domingo é o dia de pensarmos em deus, correto? Então decidi que aqui na Sociedade Dionisíaca é o dia da heresia. Tentarei colocar uma imagem, texto ou video por semana tirando sarro, mostrando as contradições ou simplesmente discutindo algum tema religioso.

Para começar, uma imagem que traduz bem o motivo de minha implicância. Acha que estou exagerando? Veja esta foto.

"só sei que nada sei"

vi outro dia uma entrevista de Waldez Ludwig ao "Sem Censura" em que ele afirmava que, ao longo da história da humanidade, o trabalho sempre foi valorizado pela sua raridade, e não pela sua importância.

não consegui, sinceramente, encontrar contraexemplos para desmentir tal afirmação; o mais longe que fui nesse sentido foi lembrar da Suíça, país em que, me disse uma amiga suíça da minha mãe, o nível de salário de trabalhadores braçais equipara-se ao de doutores.

de qualquer maneira, o importante é que, no geral, Ludwig está certo. dentre as desumanidades da lógica capitalista, acredito ser esta (a diferenciação de ganhos, ainda mais da forma como é feita) das mais cruéis no que diz respeito ao assassinato da individualidade: você realmente acredita que a sua trajetória profissional seria a mesmo se não houvesse pressão financeira?

depois de um bom tempo tentando dissecar esta idéia, cheguei a conclusão de não ser capaz de dar um panorama satisfatório sobre esse assunto sem ficar horas pensando e sem debater com algumas pessoas sobre isto. vocês poderiam me ajudar a construir essa idéia? eu penso um pouco como Sócrates, todas as pessoas, inclusive os mendigos (acho que principalmente os mendigos, na verdade) têm muitíssimas coisas de relevantes para me acrescentar, mesmo não passando nós todos de um bando de ignorantes.

vou lançar algumas idéias nos comentários. e vocês, o que acham????????

sábado, 24 de abril de 2010

Desejo

Sabe aquele lance de grávida querer comer torta de munguzá com manjericão em uma papelaria às 3 da manhã? Tá, exagerei um pouco no exemplo, mas vocês entenderam. Freqüentemente eu tenho isso também, mas com coisas menos bizarras (como pipoca, pitsa, ou um x-tudo caprichado no bacon) e sem o risco de meu filho nascer com cara de uma comida aleatória. Imagino que todo mundo tenha isso vez ou outra.

Mas alguém aí tem isso em relação ao sexo? Eu tenho. Passei por isso esta semana depois de ver dois casais pelados se chupando na Foxx Rock. Como não fiz nada na festa, aquilo foi o auge do evento. A cena foi tão excitante pra mim que na mesma hora fiquei com um desejo quase incontrolável de chupar uma boceta (e colocar em prática os ensinamentos da Sapa). No fim das contas o desejo durou só 2 dias e a vontade passou antes que eu pudesse conseguir aquilo que tanto queria, mas foram 48h complicadas.

Não queria romance, não queria beijo na boca, não queria sexo. Queria só sentir o cheiro e o gosto do "lírio de carne" e poder beijá-lo e lambê-lo. Sem pressa. Degustando. E aí entra o problema...

Quando a grávida quer seu bolo de ameixa com acerola no meio da madrugada, o marido se vira e vai comprar ou fazer. Como me virar e correr atrás de algo pra satisfazer o meu desejo? Como eu disse, não queria outras coisas, queria apenas fazer sexo oral. Talvez até atrapalhassem. Não faria muito sentido paquerar todas as garotas da festa até uma topar, pois provavelmente eu teria que cumprir todo o ritual de beijo na boca e outras coisas, coisa que eu não quero. Abordar sendo sincero quanto às minhas intenções? Poucas chances de sucesso. Sair da festa e recorrer a uma profissional do sékiço? Não faz muito sentido pagar sabe-se lá quanto pra fazer algo que, apesar de ser um profundo desejo meu, daria muito mais prazer a ela do que a mim. Sem mencionar as condições suspeitas do objeto em questão...

A melhor opção para alguém nessa situação e que, como eu, não possui um namorico parece ser recorrer às amigas. São pessoas de confiança, com quem você têm alguma intimidade e que seriam as mais indicadas pra ajudar nesse momento de necessidade. Como eu disse, a idéia não é ter um fuckfriend. É só contar com um ombro amigo ou, no caso, uma vagina amiga. No fim das contas, a amiga ainda lucraria me ajudando.

Isso no meu mundo perfeito e cor de rosa, é claro. Alguém aí possui uma relação em que faria sentido esse tipo de proposta? E, uma vez feita a proposta, alguém receberia (ou já recebeu) um "sim"?

Exposição de Charges

Deveria ter avisado antes, mas desde o dia 19 tá rolando essa exposição do meu amigo e parceiro da SD, Diego Novaes lá na Ilha do Fundão, no RJ. Ele é estudante da Escola de Belas Artes da UFRJ e um chargista de primeira.


Selecionei algumas imagens pra vocês conhecerem, mas não deixem de conferir as outras no blog dele.



sexta-feira, 23 de abril de 2010

Post Messias #19

Hoje é feriado aqui no Rio por ser dia de São Jorge. Não dou a mínima pro santo, mas me importo com o feriado. Só pra constar, parece que a lenda diz que São Jorge foi um cara rico que doou toda a sua fortuna pros pobres. Os que acreditam nele bem que poderiam seguir esse exemplo e ser mais caridosos com os necessitados... Homenageemos então São Jorge, o abatedor de dragões.

Não existe mulher feia, você é que bebeu pouco.
ÁLCOOL
Texto: Skol Cincão
Texto: Produtor de Mortal Kombat processa AMBEV por Antártica Sub-Zero
Imagens: Como tranformar uma mulher em alcoólatra
Video: Propaganda da Budweiser
Texto: Sorvete de Cerveja
Texto & Imagens: Bar Trapézio em Humaitá
Texto: Cerveja de maconha

A Grotesque Old Woman, de Quentin Matsys
ARTE
Video: Mistery Guitarman em Stopmotion
Texto & Imagens: Jim Marshal, o fotógrafo do rock
Texto & Imagens: A Pintura Distorcida de Glenn Brown
Texto & Imagens: Pin-ups Surreais de Gianluca Mattia
Texto & Imagens & Video: Steampunk
Texto & Videos: O percurso de Lady Gaga
Texto & Imagens: O Vintage dos Óscares de Tavis Coburn
Texto & Videos: Theremin, a música etérea dos deuses

Quem deixou essa marca de batom ali é o ser mais macho do mundo.
Assustadoramente, aposto que foi ela mesma. O.o
SEXO
Video: Diferenças entre homens e mulheres
Texto & Video: Decoração Vaginal
Imagem: Remédio para mulheres
Video: Boquete da Loira
Texto: Práticas sexuais alternativas
Texto: Descuidos durante uma traição
Texto: Benefícios do Sexo
Texto: Sobre o Boquete
Texto: Dicas para o motel
Texto: 10 fatos interessantes sobre a história da sexualidade.
Imagens: Salão de Cabeleireiro na Polônia
Texto: Dr. House revela ter tido relação homossexual
Videos: Duas que acreditaram...
Texto: 11 dicas para fazer sexo por horas
Texto & Imagem: Onde estão os bem dotados dos EUA?
Texto: Amar é... fingir orgasmos
Texto & Imagens: Esposas e namoradas de militares tiram a roupa [Então é pra isso que eles servem?...]


Imagem que retrata a lendária batalha entre o cavaleiro e o dragão. Esta história ficou conhecida em todo o ocidente e até hoje é lembrada e reproduzida por aqueles que respeitam o grande herói Siegfried.
OUTROS
Texto: Teoria da Taça Vazia
Texto: 10 filmes sobre a ditadura militar brasileira
Blog: Hempadão
Imagem: Igreja em Xeque
Texto & Imagens & Videos: Planetsolar - O maior barco a energia solar
Texto: Orgulhinho Bobo
Texto: Diário de um padre pedófilo

SOCIEDADE DIONISÍACA
E-mail & MSN: sociedadedionisiaca@gmail.com
Chat: group109667@groupsim.com

A Criação da Xoxota

Mais um poema escrito em homenagem a esta parte tão especial da anatomia feminina. Quando penso nela, fico tentado a acreditar na teoria do design inteligente feito por deus. Mas Mário Quintana nos deu uma outra versão para a lenda da criação da xoxota.

A Criação da Xoxota

Sete bons homens de fino saber
Criaram a xoxota, como pode se ver:
Chegando na frente, veio um açougueiro.
Com faca afiada deu talho certeiro
Um bom marceneiro, com dedicação.
Fez furo no centro com malho e formão
Em terceiro o alfaiate, capaz e moderno.
Forrou com veludo o lado interno
Um bom caçador, chegando na hora.
Forrou com raposa, a parte de fora.
Em quinto chegou, sagaz pescador.
Esfregando um peixe, deu-lhe o odor.
Em sexto, o bom padre da igreja daqui.
Benzeu-a dizendo: 'É só pra xixi!'.
Por fim o marujo, zarolho e perneta.
Chupou-a, fodeu-a e chamou-a...
Buceta!

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Parabéns, Brasília!

Em 21 de abril de 1960 foi inaugurada a cidade de Brasília pelo então presidente Juscelino Kubitschek. Hoje, comemorou-se os 50 anos da nossa capital.

FELIZ ANIVERSÁRIO, BRASÍLIA!

Imagem meramente ilustrativa

Viradão Carioca

Devo ter sido o último a saber, mas vou divulgar por via das dúvidas. Neste fim de semana acontecerá o Viradão Carioca, que estava programado para acontecer na semana das enchentes. Serão 54 horas de atividades culturais por toda a cidade nos dias 23, 24 e 25 deste mês, daqui a poquinho. Vai ter música, teatro, dança, cinema, exposição, circo e até uma programação dedicada às crianças. Vai ter tudo mesmo. Artistas grandes e pequenos, pra todos os gostos. Ah! Olha que frase legal que tirei do blog deles...

"Como o espírito do carioca é de liberdade, a maior parte dos eventos será gratuita e em locais abertos."

Gostou? Confira a programação no blog do Viradão Carioca.

Planeja ir a alguma dessas atividades? Me convide!

terça-feira, 20 de abril de 2010

a Matriz

"Morfeu: Sei exatamente o que quer dizer. Vou te dizer por que está aqui. Você sabe de algo. Não consegue explicar o quê. Mas você sente. Você sentiu a vida inteira: há algo errado com o mundo. Você não sabe o que, mas há. Como um zunido na sua cabeça te enlouquecendo. Foi esse sentimento que te trouxe até mim. Você sabe do que estou falando?

Neo: Da Matrix?

Morfeu: Você deseja saber o que ela é?

Neo: Sim.

Morfeu: A Matrix está em todo lugar. À nossa volta. Mesmo agora, nesta sala. Você pode vê-la quando olha pela janela ou quando liga a sua televisão. Você a sente quando vai para o trabalho, quando vai à igreja, quando paga seus impostos. É o mundo que foi colocado diante dos seus olhos para que você não visse a verdade.

Neo: Que verdade?

Morfeu: Que você é um escravo. Como todo mundo, você nasceu num cativeiro, nasceu numa prisão que não consegue sentir ou tocar. Uma prisão para a sua mente.

Morfeu: Se tomar a pílula azul, a história acaba, e você acordará na sua cama acreditando no que quiser acreditar. Se tomar a pílula vermelha ficará no País das Maravilhas e eu te mostrarei até onde vai a toca do coelho. Lembre-se: tudo o que ofereço é a verdade. Nada mais."

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Casualidade Selvagem

Geninha, a Mega Gostosa, resolveu partilhar conosco sua mais recente aventura sexual. Se quiser fazer o mesmo, envie seu relato para sociedadedionisiaca@gmail.com.

Cheguei à festa meio tarde, achei que nem ia rolar nada demais naquela hora.
Dei uma olhada geral, não achei nada que prestasse. Subi.
Ao chegar ao segundo andar, meus olhos se encontraram com os dele. Sabe aquele encontro de olhares totalmente aleatório, mas que te hipnotiza? Foi isso. Nesse momento eu já senti algo. Interesse? Atração?
Puxei um assunto besta qualquer, ele pouco se interessou.
Desisti. 'Procuro outro' - pensei.
Dali a pouco subi de novo, e de novo olhei quando ele estava olhando. Afinal, ele estava mesmo olhando pra mim.
Eu já não queria disfarçar, então encarei; quem sabe ele leria meus pensamentos.
E leu.
Agarrou meus quadris com força e eu quase derrubei a bebida.
Já havia ali uma ereção, dava pra sentir só de encostar meu corpo.
E se eu tivesse pau, também estaria duro. Mas como eu sou menina, apenas fiquei molhada no mesmo segundo.
Acho isso chato. Quando o homem se excita eu posso sentir na mesma hora, mas quando eu me excito ele não tem como saber.
Quer dizer, não nesse caso.
Logo ele já estava com a mão por dentro da minha roupa.
Interesse? Atração? Tesão? Tudo isso já era incontrolável.
Pensei em levá-lo ao banheiro, mas hesitei.
Ele leu meus pensamentos mais uma vez.
A gente estava quase explodindo de tesão, eu já queria tanto dele que uma foda rápida de banheiro não seria suficiente.
Em algum momento, entre as respirações ofegantes, lembramos de perguntar o nome um do outro.
Não lembro mais o nome dele, mas sei onde ele mora porque acordei lá hoje.
Foi bem mais do que uma foda muito bem dada.
Foi ele querendo tirar um pedaço de mim quando me chupava ou apertava meus seios.
Foi eu querendo engolir o pau com tanta vontade que quase o machuco.
Ou machuquei, sei lá.
Ele me machucou também.
A gente se apertava tanto, se mordia, se arranhava, se beijava beijos tão profundos, que não tinha como não machucar.
Ele gozou, eu gozei. E começamos tudo de novo.
De quatro, de lado, por cima. De todas as formas em que ele pudesse meter o mais fundo possível.
Gozamos de novo. E de novo.
Dormimos, acordamos. Transamos mais uma vez.
Acordei, me vesti.
E vim pra casa.

Exposição Fake

A National Gallery de Londres fará uma exibição dedicada a falsificações de pinturas. A mostra se chamará Close Examination: Fakes, Mistakes and Discoveries (algo como Análise Minuciosa: Falsificações, Erros e Descobertas). Serão exibidas obras que foram discretamente retiradas de exibição após pesquisas mostrarem que elas não eram o que se pensava.

Trata-se de uma celebração da "colaboração notável de cientistas, restauradores e historiadores" na galeria central de Londres. Espalhadas por seis salas, as obras representam alguns dos maiores desafios enfrentados pelos especialistas.
"Vênus e Marte" acima
e a falsa "Uma Alegoria" abaixo

Em junho de 1874, a galeria pagou mais por uma falsificação do que por um Botticelli genuíno quando duas peças foram adquiridas ao mesmo tempo. "Venus e Marte" foi comprada junto com a ainda mais cara "Uma Alegoria". Só mais tarde foi descoberto que esta última fora pintada por um seguidor no estilo de Botticelli. As pinturas serão dispostas lado a lado na exibição.

O trabalho de um artista alemão menos conhecido (à direita)
 foi alterado para parecer com o Holbien (à esquerda).
Também estará em exibição uma obra adquirida em 1990 que acreditava-se ser de Holbien, mas que análises microscópicas revelaram que "Portrait" de Alexander Mornauer (about 1464-88) foi alterada para parecer uma obra do mestre alemão. Restauradores conseguiram remover essas alterações para devolver a obra à sua aparência original.
"The Madonna of the Pinks", redescoberta em 1991
A pintura original "The Madonna of the Pinks", de Raphael, cujo paradeiro era desconhecido até 1991, também estará exposta. Durante uma visita ao Castelo Alnwick, em Northumberland, o Dr. Nicholas Penny (agora diretor da National Gallery) reparou na pintura e decidiu fazer um exame cuidadoso. O infravermelho confirmou que a obra era um genuíno Raphael.

As mais de 40 obras de arte ficarão em exposição de 30 de junho a 12 de setembro.

[Oráculo:  BBC]

Ver esses casos, principalmente o da obra falsificada que custou mais ao museu do que a original, me faz pensar no que as pessoas realmente buscam em obras de arte. Seria um nome algo tão mais importante que o conteúdo? Deveria o conteúdo ser desmerecido tão facilmente a partir do momento em que se percebe que não era do artista X? A obra em si fica diferente quando se descobre que é falsa?

domingo, 18 de abril de 2010

Testemunho de Fé #1

Se você tiver alguma história que queira publicar aqui, envie para sociedadedionisiaca@gmail.com.

Não tem muito tempo que isso aconteceu comigo. Um mês, no máximo. Discuti por MSN com uma amiga, mas isso era normal entre a gente. Quase um hobby. Mas, desta vez, no calor da discussão, ela entrou em um terreno proibido. Algo extremamente sério e que me atingiu em cheio. Meu ponto fraco e ela sabia. Foi realmente baixo.

O que isso tem a ver com Dionísio?

Sempre fui muito aberto (ui!) e não acho que seja um problema. Costumo dizer que minha vida é um scrapbook aberto. Ou que minha vida é um litro aberto. Essa história, no entanto, me fez começar a pensar que até pra mim existe um limite. Não que eu pensasse que sou fodão e talz, mas encontro poucas coisas que realmente me pareçam barreiras intransponíveis.

Pareceu que essa minha "amiga" ultrapassou os limites na brincadeira. Limites estes afixados pelos meus sentimentos. Me parece meio óbvio que ela nunca deveria ter cogitado isso, assim como eu procuro me limitar àquilo que não fere realmente os sentimentos dos outros. Ela perdeu a linha e eu é que paguei o pato. Pensei até em reavaliar minha dedicação a Dionísio.

Mas chega de papo emo e vamos ao que interessa. Aproximadamente 24h depois da noite em que mal dormi por causa desse desentendimento, estava vendo TV quando recebo uma ligação que me pegou de surpresa. Eram TRÊS DA MANHÃ quando recebi a ligação de uma menininha linda com quem eu já ficara. Estava "presa" perto da minha casa sem transporte para voltar para sua longínqua residência. Prontamente ofereci um leito para ela pernoitar. Aí veio o balde de água fria. "Tá, eu e o Bruno chegamos aí daqui a pouco."

Fiquei puto por ter sido feito de tolo e oferecer minha casa de motel pra garota com quem eu já tinha ficado, mas também não iria deixá-la na rua por causa disso. Éramos amigos afinal de contas.

Eles chegaram às 3:30 e ficamos conversando. Ela disse que queria conversar comigo e achei que era algo sobre brigas com amigos nossos. O tal do Bruno foi dormir no quarto que eu separei pra eles e ela ficou conversando comigo. Ela fez questão de dizer que não estavam ficando. Pouco tempo depois estávamos nos beijando e ela acabou resolvendo dormir no meu quarto. ^_^

Algum tempo depois, o garoto veio ao quarto buscar água do frigobar. Percebendo que isso não passava de uma desculpa pra ver se estávamos transando, me ofereci pra conversar com ele. Deixei a garota dormindo e passei as horas seguintes dando atenção pro cara, que até tremia de tão enciumado.

"Que otário, perdeu a transa por causa de um cara que nem conhece", vocês pensam. Talvez. Mas acho que não perdi, só adiei. E vejo a situação por duas óticas diferentes. Primeiro, Dionísio estava me dando às 4h da manhã uma garota gostosinha como consolação por terem abusado da liberdade que eu dei. Depois, ele me ofereceu a oportunidade de estar no lugar daquele que é "usado" pra prejudicar outro. Já estive na posição de quem é sacaneado e, infelizmente, já estive na posição de quem sacaneia. Na primeira, me arrependi de ter dado oportunidade (e aprendi a lição). Na segunda, me arrependi de ter vacilado com uma pessoa legal (e aprendi a lição). Agora eu estava em uma posição externa à relação dos 2 e pude finalmente fazer o que eu achava certo: aproveitar minha liberdade até que ela esbarrasse nos sentimentos de outra pessoa.

Vou me arrepender um pouco se nunca mais conseguir nada com essa garota, mas espero conseguir. Será que deveria ter feito diferente?

sábado, 17 de abril de 2010

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Post Messias #18

Não achei nada que servisse de tema para esta semana, então resolvi homenagear alguns aniversariantes. Se alguém souber de algum aniversariante ou qualquer coisa ligada a bebidas que tenha ligação com hoje ou com esta semana, avise nos comentários. Grato.

ÁLCOOL
Agenda: Expovinis em São Paulo
Texto: 10 Melhores razões pra não beber, não jogar e não fuder
Imagem: Frases do vinho
Texto: Mais um ponto pra cerveja
Video: Skol Cincão
Nascido em 1989, diz-se que tinha um dos maiores pênis de Hollywood, o qual ele gostava de chamar de "oitava maravilha", e que conseguia 5 ou 6 orgasmos praticamente seguidos.


ARTE
Notícia: Obra baseada na playboy da Fani (BBB) é barrada
Imagens: Graffiti com Luz
Texto & Imagens & Video: A mágica das sombras de Kumi Yamashita
Texto & Imagens: Jean-Michel Basquiat
Texto & Imagens: Horror no metrô de Moscovo
Filme: Viagem Alucinante
Texto & Imagens: Tradição e modernidade por Joana Vasconcelos

Olivia Del Rio, a atriz pornô brasileira mais famosa lá fora, nasceu em 1969.

SEXO
Texto: 10 curiosidades sobre sexo na idade média
Pesquisa: Homens respondem a 20 perguntas
Texto: Não deixe o orgasmo escapar
Blog: Notícias de Quatro
Texto & Video: Pompoarismo
Video: Cantiga de Nanar
Texto: Sexo Virtual
Blog: Crítico de Pinto
Imagens: 10 posições sexuais perigosas
Texto & Video: Polêmica envolvendo diretor de cultura e video artístico sobre exibicionista
Imagens & Texto: Livro de imagens eróticas para cegos

O papa Bento XVI nasceu em 1927 e hoje é protagonista em divertidos noticiários sobre pedofilia.

OUTROS
Video: O bom homem Jesus e o salafrário Cristo
Texto: Perguntas que os cientistas não conseguem responder
Gráfico: O que as pessoas pensam dos políticos?
Texto: Duas histórias, uma realidade
Imagem: Como funciona a política

O LSD foi sintetizado pela primeira vez em 16 de novembro de 1938, mas foi só em 16 de abril de 1943 que suas propriedades alucinógenas foram descobertas.

SOCIEDADE DIONISÍACA
E-mail & MSN: sociedadedionisiaca@gmail.com
Chat: group109667@groupsim.com

the doors



um dia
com muita força bati
a porta
depois
nunca mais a ouvi
bater
"é surdez"
todos dizem
já eu digo
vai ver
nunca mais abri
a porta




por que devemos sempre abrir as portas?

veja uma possibilidade em como o Acaso afeta as nossas vidas.

ou então lembre-se o porquê de a banda norte-americana The Doors ter escolhido tal nome:

"Quando as portas da percepção forem abertas, o homem verá as coisas como elas realmente são: infinitas" (William Blake)

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Abraão e Isaac

Achei esse textículo no Yahoo Respostas (a primeira das "Outras Respostas") e não conheço a obra original pra conferir se é verdade, mas isso não tem a menor importância. O que interessa aqui são a "lógica" do raciocínio de Abraão e a piada feita em cima disso.

Woody Allen, em Sem Plumas (Without Feathers - tradução de Ruy Castro), apresenta uma versão diferente da Bíblia, segundo pergaminhos encontrados numa caverna.

Aqui vai um resumo:

Isaac pergunta a Abraão o que ele falou, quando Deus deu a ordem para sacrificá-lo.

Abraão - "E o que eu poderia dizer? Imagine a minha situação: de cuecas, às duas da matina, falando com o Criador do Universo! devia discutir?"

Sara pergunta como ele sabia que era a voz do Senhor.
Abraão - "Era uma voz profunda, ressonante, bem modulada, e ninguém no deserto consegue colocá-la tão bem quanto Ele."

Abraão ia sacrificar Isaac mas, no últmo minuto, o Senhor paralizou a mão de Abraão e disse: "Ias, mesmo, fazer esta asneira?"

"E Abraão gaguejou: mas o Senhor ...
Não importa o que eu disse, pô, rugiu o Senhor. Saís levando a sério todas as idéias de jerico que lhe dão?"
.............................
"Mas isso não prova meu amor por Vós? insistiu Abraão.

Não. Prova, apenas, que alguns idiotas seguirão qualquer idéia imbecil, desde que venha de uma voz ressonante e bem modulada."
Fonte(s):
Sem Plumas - Woody Allen (Without Feathers - Tradução de Ruy Castro)


O que poderíamos entender como vozes ressonantes e bem moduladas atualmente? Exemplos não faltam.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

O Caso Morel

Resenha enviada pela nossa amada Kika. Leu o livro e pensou na gente. Se você também quiser enviar qualquer coisa (resenha, reflexão, ensaio sensual, dinheiro...) pra Sociedade Dionisíaca, entre em contato pelo e-mail sociedadedionisiaca@gmail.com.

O caso Morel seria mais um livro que, de primeira, talvez não atraísse o olhar até dos mais atentos leitores. Só lendo este pequeno livro de Rubem Fonseca escrito na década de 70 para entender o porquê de ele merecer alguns comentários.


O livro fala de um artista, Paul Morel, que se encontra encarcerado por ter matado uma companheira. Dentro da prisão, ele resolve escrever um livro com um conteúdo autobiográfico. O grande barato do livro nem é o enredo, mas como esse é composto.

Paul Morel, durante a vida, dedicou boa parte do tempo a fazer sexo com todas as mulheres que lhe atraíssem sem o menor constrangimento. Algumas, aliás, casadas e pertencentes a uma classe elevada. Um tapa na cara da moral que envolve a questão de família. Há trechos em que se descrevem cenas sexuais com direto a termos nada consagrados pela literatura mais puritana, como também a algumas perversões – a exemplo disso, ocorre uma festa em que os convidados realizavam uma verdadeira orgia.

Aliás, Morel, ao longo do livro, resolve fazer a própria família, uma família diferente composta por ele, três mulheres com as quais teve relações sexuais em algum momento e o filho de uma delas. “(...) uma família diferente, que não existe ainda, onde todos os integrantes são livres, em que os laços não são os de proteção, mas os de amor.”

Paul Morel, mesmo depois de ter sido casado durante dez anos com uma mulher de quem não conseguia se separar porque a considerava sua “propriedade privada”, resolveu formar essa família mais por experiência e amor à liberdade do que por vontade de manter pessoas juntas a ele. É interessante ver que a família não foi simplesmente formada porque havia um sentimento que os obrigava manter um compromisso aprisionador, mas sim porque havia um desejo de uma relação mais livre, mas que se mantivesse apoiada num sentimento amoroso (mesmo que, em um primeiro momento, tudo isso tenha sido visto com uma certa desconfiança). Em um diálogo entre uma das mulheres de Paul e o advogado dele:

“Todas nós gostávamos muito de Morel. Eu estava apaixonada por ele.”
“Vocês não se incomodavam dele ir para cama com outra?”
“No princípio aquilo me perturbava um pouco, mas nas nossas conversas esse assunto era sempre discutido. (...) Nós éramos uma família.”

Uma das personagens mais interessante é a Joana, uma das amantes de Morel. Ela adora apanhar enquanto faz sexo e só consegue sentir prazer assim. Em uma das cenas em que ela e Paul Morel estão juntos, ela chega para ele com um chicote de cavalo e...

“ Você não vai me bater?”
“Com o chicote?”
Nossos movimentos cada vez mais violentos.
“Como é que você vai me bater com o chicote? Aqui deitada? Ou eu saio correndo e você corre atrás de mim até me encurralar num canto e então me bate, bate, bate!...”
“Não sei, como você quiser”, consegui dizer.
“Bate com a mão mesmo”, Joana pediu.
Apoiado na mão direita, dei um tapa com a esquerda no rosto de Joana. Joana fechou os olhos, o rosto crispado, não emitiu um som sequer. Dei outro tapa, agora com a mão direita, com mais força.
“Bate, bate!”
Bati com mais violência. Joana deu um gemido lancinante.
Continuei batendo sem parar.
“Me chama de puta...”
“Sua puta!”
“Mais, mais!...”
Chamei Joana de todos os nomes sujos, bati com força no seu rosto. Nossos corpos cobertos de suor. Lambi o rosto de Joana, em fogo das pancadas recebidas. Nossas bocas sorviam o suor que pingava do rosto do outro. De dentro de mim, de um abismo fundo, vinha o orgasmo, uma pressão acumulada explodindo.

a internacionalização do mundo

durante debate em uma universidade nos Estados Unidos, o ex-governador do DF, ex-ministro da educação e atual senador Cristóvam Buarque, foi questionado sobre o que pensava da internacionalização da Amazônia.

o jovem americano introduziu sua pergunta dizendo que esperava a resposta de um humanista e não de um brasileiro.

esta foi a resposta do Sr.Cristóvam Buarque:

 "De fato, como brasileiro eu simplesmente falaria contra a internacionalização da Amazônia. Por mais que nossos governos não tenham o devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso.

Como humanista, sentindo o risco da degradação ambiental que sofre a Amazônia, posso imaginar a sua internacionalização, como também de tudo o mais que tem importância para a humanidade.

Se a Amazônia, sob uma ética humanista, deve ser internacionalizada, internacionalizemos também as reservas de petróleo do mundo inteiro.O petróleo é tão importante para o bem-estar da humanidade quanto a Amazônia para o nosso futuro. Apesar disso, os donos das reservas sentem-se no direito de aumentar ou diminuir a extração de petróleo e subir ou não o seu preço.
Da mesma forma, o capital financeiro dos países ricos deveria ser internacionalizado. Se a Amazônia é uma reserva para todos os seres humanos, ela não pode ser queimada pela vontade de um dono, ou de um país. Queimar a Amazônia é tão grave quanto o desemprego provocado pelas decisões arbitrárias dos especuladores globais. Não podemos deixar que as reservas financeiras sirvam para queimar países inteiros na volúpia da especulação.

Antes mesmo da Amazônia, eu gostaria de ver a internacionalização de todos os grandes museus do mundo. O Louvre não deve pertencer apenas à França. Cada museu do mundo é guardião das mais belas peças produzidas pelo gênio humano. Não se pode deixar esse patrimônio cultural, como o patrimônio natural Amazônico, seja manipulado e instruído pelo gosto de um proprietário ou de um país. Não faz muito, um milionário japonês,decidiu enterrar com ele, um quadro de um grande mestre. Antes disso, aquele quadro deveria ter sido internacionalizado.

Durante este encontro, as Nações Unidas estão realizando o Fórum do Milênio, mas alguns presidentes de países tiveram dificuldades em comparecer por constrangimentos na fronteira dos EUA. Por isso, eu acho que Nova York, como sede das Nações Unidas, deve ser internacionalizada. Pelo menos Manhatan deveria pertencer a toda a humanidade. Assim como Paris, Veneza, Roma, Londres, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, cada cidade, com sua beleza específica, sua historia do mundo, deveria pertencer ao mundo inteiro.

Se os EUA querem internacionalizar a Amazônia, pelo risco de deixá-la nas mãos de brasileiros, internacionalizemos todos os arsenais nucleares dos EUA. Até porque eles já demonstraram que são capazes de usar essas armas, provocando uma destruição milhares de vezes maiores do que as lamentáveis queimadas feitas nas florestas do Brasil.

Defendo a idéia de internacionalizar as reservas florestais do mundo em troca da dívida. Comecemos usando essa dívida para garantir que cada criança do Mundo tenha possibilidade de COMER e de ir à escola.
Internacionalizemos as crianças tratando-as, todas elas, não importando o país onde nasceram, como patrimônio que merece cuidados do mundo inteiro.

Como humanista, aceito defender a internacionalização do mundo. Mas, enquanto o mundo me tratar como brasileiro, lutarei para que a Amazônia seja nossa. Só nossa!"

terça-feira, 13 de abril de 2010

Os Canhões da Maçonaria

Quem mandou a dica foi o Pipoca, figurinha carimbada no nosso chat (Adicione no MSN: group109667@groupsim.com). A fonte é o site da Loja Maçônica Obreiros de Irajá.

É este o nome dado pelos maçons aos copos especiais usados nos seus banquetes festivos (Ágapes), e nas Ceias Místicas Capitulares.

Revelaram as pesquisas do Irmão Douglas Ash, apresentadas no seu livro “English Drinking Glasses ande Decanters – 1680-1830” publicado em Londres, que os “Canhões Maçónicos” começaram a surgir depois de 1730, recebendo o apelido de firing glasses (Copos para dar tiros).

Desde logo se destacaram dos copos comuns de vinho, mais pelo seu formato sui-generis, do que pelo seu posterior acabamento primoroso, que com o tempo foi produzindo verdadeiras obras de arte de lapidação.

A principio raramente eram maiores do que 4 polegadas (100mm) de altura, tendo um pé maciço, sendo o corpo afunilado e com as paredes grossas, e tendo o pé mais tarde o formato de uma cebola.

Para o uso era preciso um copo reforçado, cujo pé resistisse às repetidas, e muitas vezes bem "animadas" batidas, dadas nas diversas “saúdes”. O conteúdo era mais ou menos o de um copo de vinho comum.

O nome “canhão”, em alemão “kanone”, foi derivado das “batidas surdas” parecendo tiros.

O vinho branco ou tinto, ou ainda os licores tomados destes copos recebeu o nome de “pólvora forte”, e o “ato de beber” passou a ser chamado de “fazer fogo".

Para evitar excessos de “animação”, em muitas lojas tornou-se habitual que, quem partisse o seu copo ao dar as batidas de “saúde”, seria obrigado a pagar todas as despesas da refeição.

Cada Irmão tinha o seu copo pessoal. As atas de uma Loja de Yorkshire (Inglaterra) até consignam a punição: “O Irmão que quebrar o seu canhão é obrigado a pagar 1 shilling de multa”.

Como muitos maçons achavam os canhões antigos de pouco conteúdo, a partir de meados do século passado, em muitos casos o seu tamanho foi aumentando, e quando a loja não permitia o uso de “canhões” maiores, então muitas vezes o vinho era tomado em copos normais, e usavam-se os canhões apenas para dar as “salvas”…

Estes “canhões” são relacionados quase exclusivamente com a Maçonaria, e por isso mesmo no comércio, eram negociados com maçons.

Entretanto, outras Associações e Clubes de Canto também os usavam com freqüência, como os Anacreonites de Londres, cujos encontros eram na Taberna Coroa e Âncora, sendo que estes tinham até um hino próprio do seu clube (To Anacreon In Heaven), cuja melodia, com novas e mais adequadas palavras, já no século XIX resultou no canto americano “The Sprangled Baner” (A bandeira salpicada de Estrelas).

De 1820 para cá, e ainda nos nossos dias, estes canhões passaram a ser feitos dos mais finos cristais, e até do mais legítimo “baccarat”, e lapidados com todo o tipo de símbolos maçônicos, em lapidação plana, facetada e opaca. Ainda hoje, em muitas lojas da Europa estes canhões continuam a ser usados em lojas tradicionais.

Recentemente, nos EUA, no Estado de Massachusetts, as “Lojas de Mesa” têm tido muita popularidade, com os seus rituais de banquete, com Sete Saúdes, o que veio aumentar o interesse pela história destes copos tradicionais.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

10 Melhores Razões Para Não Beber, Não Jogar e Não Fazer Sexo

  1.  
  2.  
  3.  
  4.  
  5.  
  6.  
  7.  
  8.  
  9.  

Sugestão do Dan.

mandamentos do papa

mandamentos do papa:
I. A sua vida sexual me diz respeito
II. A nossa vida sexual não lhe diz respeito

Furico Li Furico Lá

Quem me mostrou esse video foi a Tahh, do Se Correr o Bicho Pega. Deveria ter postado antes, mas... não postei. Este curta foi o vencedor do Show do Gongo 2009, que é uma mostra competitiva de curtas toscos. O show faz parte do Festival Mix Brasil, o festival de cinema da diversidade sexual. Sem mais enrolação, confiram o video.

sábado, 10 de abril de 2010

loiras ganham mais que as demais mulheres

pesquisadores da universidade inglesa Queensland, que entrevistaram 13.000 mulheres, concluíram que mulheres loiras ganham 7% mais que as mulheres cujos cabelos têm outras cores, mesmo removendo da análise outros fatores como peso, altura e educação.


e além de melhores salários, as loiras também se casam com homens mais ricos, que ganham em média 6% a mais que os maridos das outras mulheres.

o pensamento coletivo é mesmo extremamente limitado... valoriza o que não é pra ser valorizado e é impregnado de modelos, estereótipos, preconceitos...

Oráculo: Telegraph

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Post Messias #17

O post de hoje será em homenagem (???) às catastróficas tempestades que andam acontecendo no Rio de Janeiro. Só queria aproveitar a oportunidade que a desgraça não tem só causas naturais. São moradias construídas em áreas de risco, lixo nas ruas e falta de atitude do governo pra prevenir coisas assim.

ÁLCOOL
Notícia: Funcionários de cervejaria fazem greve após serem proibidos de beber no expediente
Video: Cerveja é bom pra você
Notícia: Vodka sabor bacon [Sério, esta deve ser a melhor notícia do ano.]
Texto: Manual para bêbados
Texto: Um pouco de história com cerveja...
Infográfico: 20 curiosidades sobre cerveja
Video: Jennifer Aniston x Cerveja


ARTE
Video: Feeling Good de Nina Simone
Imagens: Micro Mundo
Imagens: Paisagens por Louis Aston Knight
Texto & Imagens: Matthew Albanese, O Criador de Novos Mundos
Imagem: Mulher iPad


SEXO
Texto & Imagens: Brinquedos sexuais bizarros
Pesquisa: Será que a tecnologia está prejudicando o sexo?
Texto & Imagens: Tutorial do boquete
Imagens: Swing na Praia
Pesquisa: Angelina Jolie e Robert Pattinson lideram fantasias sexuais
Texto: Sexo oral não é sexo?
Imagens: Cuecas e calcinhas inusitadas
Video: Feliz Páscoa se faz assim
Texto: 10 curiosidades sobre sexo na Grécia Antiga
Texto: Orgasmo coma força do pensamento
Imagens: Pornô=Arte
Texto: Relacionamento Aberto
Texto: Cardápio Sexual


OUTROS
Video: Cover do Ratinho revoltado
Texto: Universidade de bolso
Texto: Você doaria seus brinquedos a nazistas?
Imagens: Dr. Sanduk Ruit – o médico da visão
Texto: A moda agora é protestar pelado
Texto: Caos no Rio? Caos no mundo.
Imagem: Olha quem está rindo
Texto: Wallmart e as Enchentes
Texto: Panspermia

3ª Reunião de Cópula

A idéia desta vez surgiu através do chat (se você ainda não adicionou, não perca mais tempo: group109667@groupsim.com). Paulinha Perigo sugeriu marcarmos um encontro num bar para nos conhecermos, já que sempre temos ótimas conversas por lá. Saber quem são as carinhas por trás dos apelidos bizarros e trocar uma idéia tendo o álcool como combustível pode ser bem interessante. Ficou combinado assim...

3ª Reunião de Cópula
Data: 10/04/2010 (sábado)
Local: Bar Xexéu (Rua Aires Saldanha, 21 - Copacabana)
Horário: Quando a carruagem de Apolo se esconder no horizonte, ou seja, ao pôr-do-sol (só conferir a hora no Climatempo)
Preço: Sei lá, depende do quanto você consumir.
O que vai rolar: gente, bebida, comida e conversa. Nunca foi a um bar não?

Quem for poderá concorrer a um par de ingressos pra Foxx Rock do dia 20 de abril!

É isso, galera. Quem vai aparecer?