quinta-feira, 15 de setembro de 2011

De-vir

O grupo cearense Cia Dita fez uma apresentação nada comum em BH este mês. O espetáculo De-vir expôs no palco bailarinos usando apenas sapatilhas. Despido, o corpo fala sobre o homem contemporâneo e a velocidade da vida. “As pessoas vão nos ver por motivos diversos. Tem desde quem gosta de estudar os movimentos a quem vai pensando ‘quero ver aqueles peladinhos’. O bacana é que, nos primeiros cinco minutos, essa ordem do pensamento muda”, garantiu o diretor Fauller.



O grupo aborda a nudez como proposta estética e política. “O corpo é alvo de muitas questões. Fico feliz quando alguém me diz que conseguiu se reconhecer ali”, diz o coreógrafo. Para ele, a força do espetáculo vem da naturalidade da abordagem de um tabu. “A nudez ainda gera curiosidade e isso é uma grande bobagem. Já poderíamos ter superado esse assunto”, criticou.




[Oráculo: Divirta-se]

Um comentário:

  1. Superar a nudez é sensacional. Q bom q tem gente q se esforça pra isso. E q fotos mais lindas!!!

    ResponderExcluir