quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Música Dionisíaca da Semana #5: "Abre Essas Pernas"

Como prometido, vou postar a música que seria da semana passada. Eu cheguei a esse veredicto por culpa do Will porque, um belo dia, ele me fez lembrar dessa banda de nome bem peculiar: Velhas Virgens. Se já é difícil achar uma velha virgem, imagina uma banda com esse nome, talvez por isso eu nunca tenha esquecido.

Eu lembro de uma música dessa banda que tocava bastante nas rádios lá pelos idos de...não lembro. Era marcante porque a letra era bem, digamos, diferente. Ela narra a trajetória de um rapaz que tenta fazer a moça liberar o playground para ele. Ela reluta bastante e, com isso, temos toda uma epopeia que dura até o desfecho apoteótico que já já você vai conhecer.

Como admiradora de música, tenho que dizer que a melodia dela é muito boa. Um bom blues para ninguém botar defeito. E bem divertido.

Portanto, abra suas pernas, digo, seus ouvidos.




" 'A mulher e a galinha
São dois bichos interesseiros
A galinha pelo milho
E a mulher pelo dinheiro'

Abre essas pernas pra mim baby
Tô cansado de esperar
Você dá pra todo mundo
Só pra mim que você não qué dá
Esse papo de pele e de química
Não tem nada a vê
Não é filme, nem novela
É só sexo, eu e você
Já deixei você nua em pêlo
E na hora você deu pra trás
Então abre essas pernas pra mim, baby
Pra aprender como é que se faz.

Você pode dizer o que quer
Nem por isso vou dar pra você.
Eu só transo com quem eu quero
E na hora que eu escolher
Animal é que trepa
Sem sentir e sem gostar
Não sou bicho e nem planta
Nem boneca pra você me usar
Você vem com essa pica imensa
Pensando que vai me comer
Eu não abro as pernas pra você, baby
Não adianta você querer.

Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Todo mundo abriu
Só você quer negar
Abra essas pernas pra mim, baby
Abra e deixa eu entrar.

Abre essas pernas pra mim, baby
Que papo é esse de emoção?
Eu tô falando é de vai e vem
Será que você é sapatão?
Eu nunca vi uma mulher
Que não gostasse de foder
Até hoje ninguém disse 'Não'
E a primeira não vai ser você.
Eu tô te oferecendo
Vinte centímetros de prazer.
Abra essas pernas pra mim baby
Vai ser bom, você vai ver!

Me tire da cabeça!
Não adianta me cobiçar!
Sei que você come todo mundo,
Mas comigo não vai rolar
Nem tua grana, nem teu carro,
Nada vai me convencer.
Não sou burra, nem tô a venda,
Nem pagando você vai me ter.
Pode ir pro banheiro
E tocar uma bronha se quiser
Eu não abro as pernas pra você, baby
Digo não e sou mulher.

Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Nãão!
Abre essas pernas...
Todo mundo abriu
Só você quer negar
Abre essas pernas pra mim, baby
Não
Abre e deixa eu entrar.

Você diz que a minha grana não te compra.
Você diz que só faz com emoção.
(só com amor, benzinho!)
Vou provar que todo mundo tem um preço.
Eu vou provar. Começando o leilão
70 - não!! 90 - não!! 150 - nãaaaao!!
300 - não!! 500 - não!! 790 - nãao!!
800 - não!! 900 - não!! uma milha...

Assim eu dou,
Não dá pra negar.
Assim eu dou,
Não dá pra agüentar!
Só não pense que eu sou puta!
Eu tô gostando de você.
Vou abrir as minhas pernas
Por amor, por prazer!

Puta, você? nem pensar!
Puta, você? o que é que há?
Foi amor a primeira vista que eu vi!
Foi "química, lance de pele vem aqui"!

Benzinho, você sabe
Eu te amo tanto

Eu sabia desde o começo.
Só faltava acertar quanto."

4 comentários:

  1. Essa música é muito machista!
    Nem vi o vídeo pq conheço faz um tempinho...
    E a mulher se passar p participar dela, sei n, viu?!

    =P

    ResponderExcluir
  2. Eu ouvi hj! \o/
    Adoro VV!
    Tem show deles hj aqui em Sampa...=]

    ResponderExcluir
  3. Puts bons tempos de rodinha de violao com os amigos na rua tomando uma breja gelada .. em q sempre cantávamos essa musica.. ps: eu sempre fazia o vocal feminino

    ResponderExcluir