segunda-feira, 11 de julho de 2011

Quem não tem um fetiche, que atire a primeira pedra!

Muitos consideram fetiche como a prática de BDSM, mas não é bem por aí... Segundo a wikipedia, em psicanálise, "fetichismo é o desvio do interesse sexual para algumas partes do corpo do parceiro, para alguma função fisiológica, para cenários ou locais inusitados, para fantasias de simulação (empregada doméstica, mecânico, secretária) ou para peças de vestuário, adorno etc."

A palavra vem do francês fétiche, que por sua vez é um empréstimo do português feitiço cuja origem é o latim facticius "artificial, fictício" e significa um objeto material ao qual se atribuem poderes mágicos ou sobrenaturais, positivos ou negativos. Em outras palavras, fetiche é quando o tesão não está na transa em si, mas em alguma coisa muito específica na transa. Seja um objeto, uma parte do corpo ou uma situação.

Eu confesso que tenho muita dificuldade pra ver a diferença entre isso de parafilia. Vejam a definição, também da wikipédia: "uma parafilia (do grego παρά, para, "fora de",e φιλία, philia, "amor") é um padrão de comportamento sexual no qual, em geral, a fonte predominante de prazer não se encontra na cópula, mas em alguma outra atividade". Percebem minha confusão?

Pra mim, houve uma deturpação quando foram definir fetiche, que é um tipo de parafilia. Este deveria ser apenas quando a parafilia é em função de um objeto material, incluindo partes do corpo. Tara por cenário ou fantasia ficaria de fora. Mas a coisa foi se deturpando e agora tem gente que diz que tem "fetiche por lugares públicos"...

E a coisa foi mais longe. Quanto ao motivo, podemos apenas especular, mas a questão é que o termo fetiche foi ficando mais carregado e designa cada vez mais uma prática muito específica: o BDSM, às vezes com alguns toques de podolatria... Amanhã abordaremos o BDSM em si.

Só queria esclarecer isso antes de começarmos pra valer com a nossa semana dedicada ao fetiche. No fundo, todo mundo tem uma fantasia, uma tara, um fetiche. E aí, qual o seu?

Se quiserem saber mais sobre parafilia, recomendo a ótima série do Tom.
Parte IV

Deixem nos comentários temas sobre fetiche que vocês gostariam de ver por aqui.

2 comentários:

  1. "Quem não tem um fetiche, que atire a primeira pedra!", não seria melhor substituir a pedra por algo mais dionisico, tipo garrafa? A não! Deixa pra lá... desperdiçar bebida é pecado. ;)

    ResponderExcluir
  2. "Objeto material ao qual se atribuem poderes mágicos ou sobrenaturais."

    É, meu professor de Antropologia e Arte usa o termo FETICHE pra denominar objetos como os bonecos africanos de vodu...

    Concordo, portanto, que taras por cenários ficam de fora.

    Mas, quando vc fala de fantasias, tá falando de quê? Pq um figurino de empregada pode excitar não só por simular a situação, mas por ser bonito, sexy ou sei lá mais o quê, não?
    (Pergunta inocente mesmo, não tenho tara/fetiche/parafilia por roupas. Se bem q acho o uniforme da marinha de tirar o fôlego...Melhor deixar pra lá.)

    Ah! Eu ri do comentário do Pipoca! E sinceramente, não quero ser atingida nem por pedras nem por garrafas. Quem não tem um fetiche, que atire a primeira calcinha de látex! =P

    ResponderExcluir