segunda-feira, 18 de julho de 2011

Europeus são programados para consumir mais álcool

Não só o álcool, mas parece que a nossa querida Seleção Natural fez com que europeus sejam geneticamente programados para consumir mais álcool e gordura.

Cientistas afirmam que um tipo de interruptor, ou DNA que ativa e desativa o gene galanina dentro das células, regula a sede e o apetite. "O interruptor controla áreas do cérebro que nos permite selecionar comidas que gostaríamos de comer e, se ele está ligado com intensidade, temos chances maiores de querer comer comidas mais gordurosas e álcool", disse à BBC Alasdair MacKenzie, responsável pela pesquisa realizada pela universidade escocesa de Aberdeen.

É possível que durante o inverno os indivíduos com o interruptor mais fraco não sobrevivessem tão bem na Europa como os que tinham o dispositivo mais forte e, como resultado, a seleção natural favoreceu no ocidente aqueles que tinham uma dieta rica em gordura e álcool.

Os efeitos negativos da gordura e do álcool que vemos hoje não teriam importado tanto na época, quando a expectativa de vida variava entre 30 e 40 anos.

[Oráculo: BBC Brasil]

Um comentário:

  1. Eu sempre achei que tinha sangue europeu correndo em minhas veias...kkkk

    ResponderExcluir