segunda-feira, 14 de março de 2011

Divagando sobre a bunda de Natalie Portman

O texto a seguir foi surrupiado do Ambrosia, que eu recomendo muito por sinal.

Quem acompanha o Ambrosia Vídeos já conhece a produção “Your Highness“, comédia de fantasia medieval com Danny McBride, James Franco, Natalie Portman, Zooey Deschanel e Justin Theroux. Nesta semana o filme voltou a chamar atenção da mídia, infelizmente não pela qualidade de suas piadas, mas por mais uma atitude controversa do estúdio Universal Pictures, que censurou o biquini medieval de Natalie Portman para conseguir adaptar a produção a uma faixa de classificação menor.

Antes de mais nada, confira o trailer sem censuras de Your Highness abaixo:


E agora uma imagem comparando os dois momentos de Natalie Portman, com o novo biquini produzido em computação gráfica e já substituido pelo estúdio em seus canais oficiais:


Adaptar uma situação inapropriada para ampliar o público de uma produção comercial é perfeitamente razoável, uma decisão inclusive lógica para os executivos de um estúdio de cinema, mas essa distorção do conservadorismo é onde o problema realmente se encontra. No trailer há diversas piadas de cunho sexual que foram mantidas, como uma cena onde o personagem de Danny McBride se prepara para se masturbar e é interrompido por Natalie Portman. O que nos impulsiona a debater a sexualidade na sociedade americana, que bem ou mal, ainda representa a grande influência cultural na população global.

Hoje, com qualquer criança possuindo acesso a internet, e consequentemente, a todo tipo de conteúdo sexual, determinadas atitudes ultrapassam a inutilidade pública e se tornam verdadeiramente prejudiciais para a sociedade. Cada pequena brecha dá mais força a ignorância e a censura indiscriminada, principalmente estes modelos hipócritas de controle que não atuam na resolução dos problemas, mas ”tapam o sol com uma peneira”. Daí a importância de registrar e abrir discussão sobre tais assuntos, nem que seja impulsionada pela nada empolgante bunda de Natalie Portman.

Seguindo a lógica americana, por exemplo, no Brasil todas praias seriam proibidas para menores de idade? Ou seria possível recriar em tempo real digitalmente os biquinis femininos para o público menor de idade?


Os Estados Unidos vivem atualmente um delicado momento, talvez o mais complicado em mais de um século, com a perda da hegemonia economica para a China, Europa e outros países em desenvolvimento. O partido republicano voltou a ganhar força com o péssimo desempenho do presidente Obama, e já se fala de um novo governo conservador muito antes das próximas eleições presidenciais, governo este que encontraria um Estados Unidos ainda mais imobilizado economicamente que possivelmente se agarraria ainda mais em valores distorcidos para manter uma ilusão de controle.

Seria a censura da bunda de Natalie Portman mais um indício do fim da “terra da liberdade”?

Nenhum comentário:

Postar um comentário