sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Post Messias #53

O tema desta semana é óbvio: réveillon. A passagem de ano (embora pra mim tenha acontecido dia 25 por motivos que quem viu Zeitgeist vai entender), representa o recomeço de um ciclo. Tempo de renovação, de rever o que deu de errado em 2010 e planejar um 2011 melhor. Planos que a gente sabe que nunca vai cumprir, mas é bom traçá-los pra sabermos onde queremos chegar. Nem que o seu plano seja não ter planos e deixar a vida te levar, vida leva eu.

Aproveito pra agradecer a quem esteve comigo neste ciclo que se encerra. 2010 foi um ano em que conquistei muitas coisas (muito mais do que eu planejava) e não daria pra fazer metade disso sozinho. Mas o mais importante foram as amizades. Precisei conquistar amizades novas e praticamente todo o meu círculo de amigos mais próximos atualmente eu conheci este ano. Vou agradecer por grupos pra facilitar minha vida.

  • CHAT DA SOCIEDADE DIONISÍACA -  Tem sido muito bom conhecer vocês. Principalmente as garotas. O povo que mora longe não é menos importante, estamos juntos em espírito. E até os chatos têm seu lugar, tornando o chat animado quando estamos entediados. Espero que possamos nos ver muito mais e que nossos planos megalomaníacos dêem certo em 2011.
  • CLUBE DO VINHO - Toda quinta é de lei: beber vinho e falar besteira. Gente de várias idades e carreiras diferentes, mas unidos pela vontade de conhecer o néctar dos deuses. Viajando pro sul ou bebendo no Telezoom, era sempre bom estar com vocês. Somos poucos, mas somos bons. 
  • AMIGOS NERDS - Tô meio afastado desse povo, mas é sempre bom reencontrá-los. Apesar de nerds, eles conhecem os prazeres dionisíacos da vida e apesar de não ser mais (tão) nerd, ainda me sinto em casa com eles. Me convidem pras festas e eu prometo não ficar pelado.
  • FAMÍLIA DIREÇÃO TEATRAL - Isso não é uma família como a do Restart. Longe disso. Um dos grupos mais dionisíacos que eu conheço. E aqui eu incluo as pessoas que não são de DT, mas que fazem parte do grupo. Vocês são um bando de viadinhos maconheiros, mas eu gosto muito de vocês.
  • REPÚBLICA DO ES - Não sabia como chamar. São 4 pessoas que conheci recentemente e que não batem bem. Alcoólatras, atores e com alguns desvios psicológicos... Resultado: me identifiquei na hora. Se não falassem tanto sobre signos, eu me mudaria pra lá.
  • PRAÇA SÃO SALVADOR - Essa praça virou um dos locais favoritos de encontro da SD. A bebida, a música e as pessoas fazem do lugar um ambiente muito agradável pra boêmios sem muito dinheiro, como eu. É o berço da filosofia dionisíaca moderna.
  • ECO - Infelizmente, próximos a mim este ano, só lembro da Mary, da Cília e das ex-ecoínas Kauer e Pris. Se esqueci de alguém, foi mal. Por mais de um motivo, acabei abandonando a parte social da faculdade, mas essas pessoas continuam representando muito pra mim. A Cris, professora que tem me apoiado pra dedéu, também não poderia ficar de fora da homenagem. Ah! E, claro, o grande mestre Márcio Amaral, um dos maiores responsáveis pela minha identificação com Dionísio.
  • NAT - A gente não se entende, mas você é especial. É a pessoa mais fofa do mundo e se 2010 nos afastou, espero que 2011 traga esperanças de que nos reaproximemos. Se isso não acontecer, desejo toda a felicidade do mundo pra você.

Que 2011 traga mais surpresas boas e menos surpresas ruins que 2010. Que a Sociedade Dionisíaca cresça, que o mundo se torne um lugar mais dionisíaco, que eu fique rico e faça muito sexo.

E quem me desejar paz eu mando tomar no cu!

[ÁLCOOL]
Vídeo: Vinhos de garagem
Vídeo: Abrindo espumante co um sabre
Texto: Bebida de réveillon é espumante!
Vídeo: Máquina de servir cerveja
Imagem: O caminho para uma vida feliz
Imagem: Resumo líquido da vida de um homem.
Artigo: Butiquim do Nonno – Recreio dos Bandeirantes
Artigo: As 10 cervejas mais vendidas no mundo

[ARTE]
Poema: Cães da mídia
Vídeo: Quanto vale o show?
Poema: Entre Mulheres
Artigo: Moda em caleidoscópio
Texto: 30 Anos Sem Nelson Rodrigues
Vídeo: FLESH
Artigo: O poeta parisiense da pintura
Artigo: Garota Interrompida - Qual o limite entre a loucura e a sanidade?
Vídeos: Street Performance

[SEXO]
Imagem: Desvendado o segredo do sorriso do velho da Aveia Quaker
Texto: Sonhos molhados
Quadrinho: Bruxa perversa
Texto: A primeira vez
Imagem: Se guardando
Texto: A dominação do boquete
Lista: 10 piores manias femininas na cama
Imagem: Fui banido do Mercado Livre
Artigo: A História do Olho
Gráfico: Cadeia alimentar masculina
Vídeo: Padre afirma que a masturbação é prejudicial à saúde
Quadrinho: Porra, mãe!
Texto: Como agradar uma mulher na cama e evitar os orgasmos fingidos
Imagem: Sonhos eróticos
Imagem: Vagina

[OUTROS]
Texto: Enxugue seu cérebro, este sabão faz mal
Artigo: Ritual da Ashura
Vídeo: Bad Religion - Amor de Deus
Quadrinho: God Gab
Artigo: Sobre o 11 de setembro

Cannibal Roulette

Escolha uma garota e torça pra ela não ser canibal.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Diagnóstico do caso Gerson

Baco sabe o quanto eu desprezo novelas. Só me dou ao trabalho de assistir as que são metidas a engraçadinhas, e nunca por muito tempo. Mas não tenho o menor saco pro melodrama que se apresenta como reflexo da vida real. Quando eles resolvem discutir problemas sociais então... PUTA QUE PARIU!

E é nesse clima que eu entro no assunto do post. Como bem disse, não perdi meu tempo vendo a novela, mas tanto falaram na blogosfera que eu fiquei curioso. Esbarrei com um post sobre o assunto no Limão em Limonada e tive que ver. Mesmo atrasado em um mês da exibição da cena, não pude ficar calado.


Deixa eu ver se eu entendi... O problema do cara é que ele é tarado?!?! Sério?! Ele tem pornografia no computador? Ele gosta de cheiro de sexo?? Ele bate punheta??? Por que, Silvio de Abreu???? Você não encosta no seu pipizinho????? É pecado??????

Ainda que ele tenha tesão em coisas (como ele diz) sujas... E daí, meu São Dionísio?! É só mais um fetiche que, pelo relato dele, não faz mal a ninguém. A coisa mais pesada que ele já fez foi transar com uma puta gorda num parque! Acho que até o padre da paróquia da Terra do Nunca já fez pior (até porque na Terra do Nunca só tem criança...)!

E ainda vem aquela retardadazinha da Diana e diz que tem nojo dele?! Mesmo que eu queira aceitar que exista um ser humano adulto que nunca se masturbou vendo putaria, como parece ser o caso dela, ELA É QUE DEVERIA SER RECRIMINADA! Ainda mais por menosprezar o fetiche do cara. Deixa ele, porra!

O único real problema dele é se sentir mal com os próprios fetiches. Isso sim ele precisa tratar. Ou mudando os fetiches ou aceitando. Ser obcecado também poderia ser um problema, mas conheço gente bem pior que ele que tá vivendo bem. NÃO! NÃO SOU EU!

Desculpa pela revolta, mas precisava comentar a cena em si. No entanto, meu objetivo é dar o diagnóstico do contexto, da mera existência e da repercussão da cena. Desconsiderando a teoria de que idéia original pode ter sido mudada por causa de patrocínio, são duas as minhas conclusões.
  1. Ou o Silvio de Abreu é um moralista babaca ou a novela realmente é um reflexo da realidade e da sociedade de merda em que vivemos. As duas possibilidades me deixam muito triste. Na primeira, porque o cara é um formador de opinião e não deveria propagar valores tão retrógrados. Pelo contrário, ele deveria difundir valores mais prafrentex. Claro que entendo que nem todo mundo é tão prafrentex quanto eu e é justo que prefiram um sexo mais careta, sem graça, deprimente e mongol, mas essa cena gera também, bem ou mal, um tipo de preconceito. Ele deveria, ao contrário, ensinar a respeitar desejos e fantasias alheios.

    Na segunda hipótese, a sociedade é que é a moralista babaca. O que eu não duvido, mas é muito triste pensar que é com esse tipo de coisa que a maior parte da população brasileira se identifica. Não com o tarado, mas com a visão de que o que ele faz é errado. Sério.... Anos de movimentos de liberação sexual, avanço da psicologia, distanciamento da igreja e a gente ainda não saiu do lugar!
  2. A segunda conclusão é bem mais feliz. Eu não vi NINGUÉM falando bem dessa cena. Todo mundo achou a coisa mais ridícula do mundo esse ser o grande segredo do cara. Isso significa que apesar da tentativa da Globo e do Sr. Silvio de Abreu de atrasarem nosso pensamento sobre a sexualidade, a internet trata de compensar. Os blogueiros, jovens formadores de opinião, apesar de terem um alcance menor que a Globo, fazem sua parte e parece que pra eles não há dúvida do absurdo que representou essa cena. O Brasil e o mundo ainda têm salvação.
Mas feliz mesmo vai ser quando a novela das 8 (que-começa-às-9) se chamar Calígula.

O Bêbado e o Crocodilo



Conselho do dia: se beber, não invada o quintal do vizinho cuja piscina é usada por um crocodilo imenso para descansar.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Os 10 Álbuns mais "gays" de todos os tempos

A revista Out Magazine elegeu os cem melhores e mais gays discos de todos os tempos. Especializada no universo gay, a publicação entrevistou atores, músicos, comediantes, DJs e outras personalidades para votarem em seus preferidos. Este ano a lista expandiu os horizontes e músicos heterossexuais também entraram no ranking.

A lista vai de ícones do público GLS como ABBA até os Grunges-lókis do Nirvana.

Veja a lista dos 10 melhores:

10. Antony and the Johnsons - "I Am a Bird Now"(2005): A voz andrógina de Antony Hegarty, com traços da habilidade da cantora Nina Simone, e o tom "desesperado para ser entendido pelo mundo" são alguns dos elementos que fizeram "I Am a Bird Now", o álbum que deu fama ao grupo, conquistar a décima posição na lista.

9. Cyndi Lauper - "She's So Unusual" (1983): O álbum de estreia de Cindy Lauper tem hits como "Girls Just Want to Have Fun" e "Time After Time", que dominaram as pistas na década de 1980. O posicionamento de Lauper, sempre apoiando causas gays e campanhas de conscientização sobre a AIDS, também fizeram com que a cantora fosse escolhida.

8. Madonna - "The Immaculate Collection" (1990): É com a coletânea de seus primeiros hits que Madonna conquista seu posto mais alto no ranking. Quase todas as 17 faixas inclusas no disco dominaram a cena gay, como "Like a Virgin", "Like a Prayer" e "Vogue", com sua coreografia marcante.


7. Elton John - "Goodbye Yellow Brick Road" (1973): Na sétima posição, Elton John aparece com o álbum duplo recheado de "baladas que fazem chorar e roques que fazem dançar", descreve a revista. A canção "All the Girls Love Alice" ganha destaque por ser pioneira ao falar sobre um relacionamento entre meninas.

6. The Smiths - "The Queen Is Dead" (1986): As músicas que fazem qualquer gay se identificar são o grande trunfo da banda inglesa, segundo a publicação. Além do sucesso "There Is a Light That Never Goes Out", a balada sobre como a vida é miserável sem amor "This Charming Man" justifica a escolha do álbum no sexto lugar.

O Smiths pra mim, é maior banda gay de todos os tempos. Não pela extravagância estereotipada como fazia o Village People , mas sim pela delicadeza nas letras e melodias.

5. Judy Garland - "Judy at Carnegie Hall" (1961): A atriz que interpretou Dorothy no clássico "O Mágico de Oz" conquistou a quinta posição pela intensidade do disco de seu show ao vivo no Carnegie Hall, em Nova York. "Ela não é uma lenda por acaso", declarou o ator Wilson Cruz, um dos eleitores do ranking.

Tenho o DVD desse show e é sensacional. Ela mistura aquelas músicas de cinema anos 50 com jazz progressivo.

4. Indigo Girls - "Indigo Girls" (1989): Com a pecha de ter dado início a onda de cantoras folk, a dupla Indigo Girls criou baladas sinceras e emocionantes sobre o amor lésbico. A faixa "Closer to Fine" ganhou destaque da revista.

3. Tracy Chapman - "Tracy Chapman" (1988): "Uma revolução cantada com um sussurro". É esse o mérito que faz a cantora Tracy Chapman estar no pódio dos discos mais gays de todos os tempos. O disco, que vendeu milhões de cópias, fala sobre injustiças sociais e sonhos frustrados, como em "Fast Car".

2. The Smiths - "The Smiths" (1984): Não é apenas o galã Joe Dallesandro descamisado na capa que fez o disco de estréia do The Smiths conquistar a medalha de prata desta lista. Canções como "Reel Around the Fountain" fizeram  com que os gays se sentissem compreendidos, diz a revista.

1. David Bowie - "The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars" (1972): um dos eleitores, o cantor Boy George declarou que o lançamento do disco criou um "mundo em que as possibilidades não tinham limites". Segundo a Out é "até irônico que um homem heterossexual esteja no topo desta lista".

A revista Out não deve estar a par do assunto, mas uma dos maiores boatos do Rock dão conta que o David Bowie teve um caso com o Mick Jagger. Mas ai são outros 500...

Esse é um dos meus discos favoritos também, não tem como escutar canções como "Soul Love", "Rock'n Roll Suicide" e "Lady Stardust" e não se emocionar.

Outros Álbuns que recomendo e estão na lista são:
12. The Velvet Underground & Nico - The Velvet Underground & Nico (1967)
19. The B-52s - The B-52's (1979)
38. Dusty Springfield - Dusty in Memphis (1969)
42. ABBA - Gold (1992)
79. T. Rex - Electric Warrior (1971)
100. The Beatles - Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band (1967)

[Oráculos: Terra , Wiplash e Out Magazine]

Verdade sobre as leis anti-aborto

http://4.bp.blogspot.com/_cIsGzrRrrek/TRAODYskkaI/AAAAAAAAF8E/3rjl7PTzX9s/s1600/anti%2Baborto.JPG

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Avatar XXX

Conforme anunciado aqui, fizeram uma versão pornô de Avatar. E desta vez eles não transam com aquele cabo USB que eles têm na cabeça...







segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Vinho combate cárie e tártaro

Segundo um novo estudo, os compostos do vinho tinto podem prevenir cáries e tártaro. Os chamados polifenóis bloqueiam uma molécula formada pela bactéria streptococcus mutans, encontrada em todas as bocas. Normalmente, essas bactérias quebram o açúcar que comemos e produzem moléculas pegajosas, denominadas glucanas, que permitem que elas se apeguem a nossos dentes e danifiquem suas superfícies. Elas também produzem um ácido que corrói o esmalte do dente, provocando as cáries.

Segundo os pesquisadores, o caule, a semente e a pele das uvas fermentadas, que sobram da produção de vinho, contêm grandes quantidades de polifenóis. Eles podem bloquear a capacidade da streptococcus mutans de fazer glucanas, permitindo que as boas bactérias da boca se proliferem, e evitando que as bactérias más grudem nos dentes.

Os pesquisadores também descobriram que os compostos no mirtilo, ou uva-do-monte, funcionam de forma semelhante, bloqueando as moléculas que permitem que uma superfície adesiva se forme em nossos dentes.

Os cientistas alimentaram ratos de laboratório com os compostos, chamados proantocianidinas do tipo A, e observaram que a produção de ácido e glucanas das bactérias reduziu 70%, e as cavidades reduziram 45%.

Os pesquisadores querem encontrar uma maneira de adicionar estes compostos em anti-sépticos bucais, cremes dentais ou chicletes, para combater a placa bacteriana e as cáries. O próximo passo é testar os resultados nos próximos quatro anos.

Imaginem só: um chiclete com sabor de vinho e que ainda faz bem aos dentes! Só falta deixar bêbado!

[Oráculo: Hype Science]

Tommy e o Cristianismo - Parte I

Nesta época natalina, resolvi desenterrar e discutir questões do melhor filme de todos os tempos
O fato de o filme ser baseado em um disco de 1969 da banda The Who - que é a minha favorita - fazem eu superestimar a obra , obviamente.

Mas fora esse detalhe ainda assim é uma bela obra para não-fãs da banda.

Tommy foi a primeira ópera-rock composta. Por isso não ache que o Green Day inventou o estilo com seu mediano American Idiot, que inclusive é baseado em sua essência em uma outra ópera-rock do Who chamada Quadrophenia, mas não vem ao caso.

O conceito de opéra-rock é devido às letras das músicas formam uma história quando juntas.

Devido a uma união magistral de músicas apoteóticas e uma história que levantava questões morais e principalmente religiosas, acabou virando filme em 1975.

A história fala sobre o garoto chamado Tommy que após ter visto sua mãe e seu padastro matarem seu pai, fica cego, surdo e mudo. Sem interface nenhuma com o mundo exterior, vive em um mundo paralelo. Cresce e se torna o campeão de pinball se tornando um líder da juventude. Quando Tommy quebra o espelho recupera todos os seus sentidos perdidos e lidera uma legião de jovens que o vêem como um novo messias. Essa mesma legião se revolta contra ele por ver que se tratava de um falso messias.

Em várias partes da história se questiona o catolicismo. Por vezes, bate de frente.

Esta cena abaixo não é um simbolismo do quão importante é a "salvação divina".

A cena se passa durante uma festa de natal enquanto eles interpretam a música ... Christmas

http://3.bp.blogspot.com/_boQCIFVXRmg/TPa3PgyU4jI/AAAAAAAAAaM/73m3I7X7qQI/s1600/tommy%2B1.JPG

Esta é a cena que sua mãe começa a sua incansável luta para libertar a alma do filho. Em nenhum momento ela chega a questionar o bem estar terreno, vamos dizer assim, do filho.

A salvação do inferno é o mais importante. Infelizmente para a mãe, o garoto não conseguiu absorver os ensinamentos espirituais.

Mais uma pergunta: Que diabos uma pessoa que não consegue enxergar, falar e ouvir pode cometer?

Ou será que ela quer que ele se recupere para ai sim ser uma pessoa passível de cometer pecados e de ser perdoado pelos mesmos ?

Ser perdoado dos pecados não é a chave para se ir pro céu ?!

Ah, se não existissem os dogmas ...

sábado, 25 de dezembro de 2010

A boa do fim de semana é ir à praia!

Tá um sol lindo lá fora e as praias estão vazias porque a maioria das pessoas dedica o dia a sua família. Tá perfeito pra ir a uma praia de nudismo. Estarei em Abricó! Beijos, me liguem.










sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Post Messias #52

Por que eu odeio o natal?
Odeio o natal porque mudam a programação da TV.
Odeio o natal porque não sou apegado à minha família.
Odeio o natal porque acho ridículo as pessoas viajando pra se reunir com pessoas distantes e que nem são legais (se fossem, não nos afastaríamos).
Odeio o natal porque odeio a sensação de que PRECISO comprar presente pros mais próximos.
Odeio o natal porque odeio a sensação de que PRECISO comprar presente pra gente não tão próxima só por educação.
Odeio o natal porque odeio pessoas comprando as coisas de última hora e fingindo que acham super importante a troca de presentes.
Odeio o natal porque as pessoas esquecem que é um feriado de origem pagã.
Odeio o natal porque é o único aniversário que se comemora depois que o aniversariante está morto.
Odeio o natal porque as pessoas se sentem muito emocionadas pelo espírito pregado pelo filme da globo, mas continuam trocando presentes e comendo sua farta ceia no conforto de seus lares.
Odeio o natal porque acham que sou obrigado a gostar dele.
Odeio todo esse clima de obrigação implícito ao natal.

Se você também odeia o natal e vai ter que passar o fim de semana com sua família chata, aproveite o post messias pra salvar seu fim de semana.

[ÁLCOOL]
Artigo: Vinhos na posse de Dilma Roussef
Fotos: Mulheres bebendo
Video: Café da manhã alcoólatra
Artigo: 20 sinais de que você está bebendo demais
Video: 70 maneiras de abrir uma garrafa de cerveja
Notícia: Pastel de cerveja
Artigo: Uma bebida pra cada tipo de pessoa
Artigo: Cerveja de Natal

[ARTE]
Imagem: Tower of Boobs
Fotos: Brincando com miniaturas na comida
Artigo: Pituras clássicas sob outra perspectiva
Artigo: Arte de rua
Articulação: Lost in Translation
Artigo: Esculturas de queijo

[SEXO]
Gráfico: Uma verdade sobre os personagens de video-game
Gif: Ops, tinha alguém filmando!
Imagem: A progressão do desmatamento
Lista: 5 desculpas pra quando ejacular precocemente
Texto: Sexo e amizade combinam?
Vídeo: A importância de uma rapidinha
Video: Japinha Guitarrista
Notícia: Homens mais velhos ainda têm muito interesse por sexo
Quadrinho: A criação dos peitos

[OUTROS]
Artigo: Regresso às origens - O natal nas culturas pagãs
Artigo: Se a vida das princesas da Disney não fosse glamourosa
Texto: Só por hoje...
Artigo: Ser discriminado por seus preconceitos
Artigo: O culto ao falo
Artigo: Teístas 0 Vs Ateus 0
Imagem: Por que Jesus não come M&Ms?
Texto: Hoje fui humilhado... e foi bom!
Texto: Luzes de Natal
Notícia: IURD britânica associa Papai Noel ao Demônio!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Tipos de Buceta

Estávamos debatendo no chat da SD dia desses sobre a aparência das vaginas e precisava partilhar isso no blog.

Tem gente que acha a vagina uma coisa horrível. Outros pensam o mesmo sobre o pênis. Tenho dificuldade pra entender como essas pessoas conseguem fazer sexo. Mas, felizmente, existe quem encontre até poesia nessas partes do corpo.

Há quem pense que um dos motivos para alguns homens (e imagino que mulheres também) gostarem de fazer sexo oral é justamente a admiração pelo órgão sexual que está sendo beijado. Da mesma forma, quando a região não é tão anatomicamente abençoada, essas mesmas pessoas não se empolgam tanto... Alguém aqui já passou por isso?

E, pra ilustrar o assunto, vejam algumas imagens da diversidade da fauna que podemos encontrar por aí.


E aí, já encontrou alguma dessas? E você, cara leitora, qual a sua?

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Turbo Santa

Ajude o Papai Noel movido a álcool a seguir seu caminho, recolhendo o maior número de presentes e equipando seu trenó para ter cada vez mais potência!

CLIQUE NA IMAGEM PARA JOGAR

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Cine Privé : O fim da Pornografia na TV Aberta


Oi, meu nome é Tom B. de Cantor e irei escrever e compartilhar com vocês leitores da Sociedade Dionisíaca textos que abordem de alguma forma sexo, religião ou álcool.

Todas às segundas começando hoje terá um textinho maroto para que tenha mais uma opção de leitura no início da semana. Já escrevi alguns textos para o blog anteriormente, mas espero agora como parte da equipe ser regular.

Espero que gostem e se quiserem elogiar, discutir ou reclamar é só colocar nos comentários.

"Cada um tem o seu ponto de vista, encare a ilusão da sua ótica."
- H. Guessinger
Por isso respeite opiniões diferentes da sua!

Bem, vamos ao trabalho. Semana passada a rede bandeirantes resolveu acabar com um programa que foi símbolo de gerações (a 90 principalmente) e que certamente alegrou as madrugadas de sábado de muito pré-adolescente marmanjo como eu
e você
: Cine Privé
Deve fazer mais de 10 anos que não vejo, mas a lembrança nostálgica de que futuras gerações estarão privadas de assistir este programa ícone da televisão é triste.

Assim como os contos eróticos, os filmes de SoftPorn que a bandeirantes passava instigava a fantasia bem mais de que um filme Hard de sexo puro sem história ou situação para acontecer algo.

O Cine Privé mostrou mais que alguns seios. Ele mostrou o contexto para ocorrer a atração sexual até levar ao sexo propriamente dito. Isso era estimulante e provocava sua mente a produzir fantasias sexuais que iam muito além de uma simples excitação voyer.

A nudez crua perdia seu sentido e nos fez buscar alternativas para alcançar o prazer. o que foi maravilhoso!

A internet acabou facilitando demais esta busca, o que foi ate certo ponto prejudicial a nossa criação de fantasias.

Sei que esse texto está direcionado quase que exclusivamente aos homens. Mas o resultado destas buscas pelo diferencial no enredo para se levar ao sexo refletiram diretamente nas nossas futuras parceirias sexuais .

Já ouvi dizer que o programa era muito admirado pelo público feminino devido ao romantismo das histórias.

Uma sequência clássica de filmes que passavam no programa era a incontável série de filmes da Emanuelle, que era interpretada pela estonteante Krista Allen.

Acho que tiveram outras emanuelles se não me engano , mas ela foi a mais notável. Emanuelle não tinha limites para o prazer sexual, lembro que certa vez ela foi ao espaço para procura-lo.
É pouco zueira?

Neste link você poderá ver on-line alguns filmes e melhores momentos da Krista "Emanuelle" Allen. Para quem tem internet rápida vale a pena conferir!

Para quem não tem, abaixo vai uma pequena amostra .


Outra sequência clássica de filmes do Cine Privê era a série de filmes As aventuras de Justine estrelada pela Daneen Boone.

Justine era uma estudante super dotada que paticipava de aventuras arqueológicas /erótica com seu professor e amigas da classe .No meio das cavadas elas sempre esbarravam com bandidos tentando roubar algum artefato antigo, mas, obviamente, estavam mais interessados em transar com elas, claro!

A maioria dos episódios concluem com a sugestão de que a aventura foi simplesmente um sonho ou fantasia de Justine.



E para terminar as séries de filmes clássicas do Cine Privé : The Click.

The Click era uma série de sete filmes de contos eróticos sobre um controle remoto mágico que libera paixões extraordinárias quando ativado. Não tinha uma atriz principal em destaque que nem nas outras 2 séries porque a trama girava em torno de um tal de "Dr. Fez" .

Mas era muito legal , até porque nesses filmes aconteciam mais cenas de sexo que os outros.


Um site chamado Soft Erotic era dedicado exclusivamente a divulgação gratuita desses filmes. Disse era pois encerou suas atividades recentemente mas deixou um belo acervo para você conhecer melhor esses filmes citados acima. Com o fim do Cine Privé, se torna um belo acervo de raridades.

Um detalhe importante que fazia do Cine Privé um programa com poucos riscos de ser "pego em serviço" era o fato de não haver barulhos e gemidos altos, o que ajudava aos pais a não acordarem.

Mas sejamos sinceros, o frio na barriga e a adrenalina por saber que a qualquer hora podia dar merda também faziam parte da excitação. Uma mão no pau e a outra no controle remoto era regra.

Bem, por mais que relembre os bons momentos aqui não vai mudar o fato que o Cine Privé acabou .

Se tem alguma lembrança sobre o programa. Relate nos comentários!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Zeitgeist

Se você está pensando em comemorar no nascimento de Jesus neste natal, pense melhor.

Zeigeist é um filme de 2007 produzido por Peter Joseph que aborda temas como Cristianismo, ataques de 11 de setembro e o Banco Central dos Estados Unidos da América (Federal Reserve). O filme é dividido em 3 partes:
  • "A maior história já contada"
  • "O mundo inteiro é um palco"
  • "Não se importem com os homens atrás da cortina"
O que nos interessa é apenas a primeira parte, que fala sobre religiões. Basicamente, ela faz comparações entre alguns (quase todos) elementos do cristianismo e religiões muito anteriores a ele.

sábado, 18 de dezembro de 2010

A boa do fim de semana é visitar o Angel Stadium!

Como por exemplo, o Angel Stadium, de Anaheim. Também chamado de Anaheim Stadium (1966–1997) e Edison International Field of Anaheim (1997–2003)) é um estádio localizado em Anaheim, California. É a casa do time de baseball da MLB Los Angeles Angels of Anaheim e foi casa do time de futebol americano da NFL Los Angeles Rams (1981–1994), antes de se transferir para Saint Louis. Também é conhecido pelo torcedores como The Big A ("O Grande A").

Inaugurado em 19 de abril de 1966 para sediar os jogos do California Angels (antigo nome dos Angels), que jogavam no Dodger Stadium (que os fãs do Angels chamavam de Chavez Ravine Stadium). O primeiro jogo, um amistoso, foi contra o San Francisco Giants. O primeiro jogo oficial, em 19 de abril, contra o Chicago White Sox.

Originalmente com capacidade para 43.204 torcedores, chegou a abrigar mais de 64.500 torcedores no final dos anos 70. Hoje chega a pouco mais de 45.000 lugares.

Recebeu o All-star game da MLB de 1967 e de 1989, o World Series de 2002 e cinco séries finais da American League (1979, 1982, 1986, 2002 e 2005).