domingo, 25 de julho de 2010

Desbatizado

Um líder ateísta "desbatizou" dezenas de seguidores não crentes usando um secador de cabelo. Ele retirou simbolicamente toda a água lançada na cabeça durante o batismo tradicional. A cerimônia “desreligiosa” foi exibida no popular programa Nightline, da rede ABC, nos EUA.


Edwin Kagin, responsável pelo “desbatismo”, disse acreditar que os pais cometem um grande erro ao deixar as crianças serem batizadas sem que elas tenham idade para entender o que está se passando. Ele afirma que alguns casos de educação religiosa deveriam ser punidos por abuso infantil.

"Fui batizada como católica, mas não me lembro de nada. Minha mãe diz que eu gritava muito. Então você pode perceber que mesmo bem nova eu não queria ser batizada. Não é justo. Eu nasci ateia e me forçaram a ser católica", afirmou Cambridge Boxterman, de 24 anos, que ganhou de Kagin uma "certidão de desbatismo" em Newark.


Formado em Direito e criado em uma família presbiteriana, o líder ateísta percorre os EUA defendendo suas idéias. Ele classifica a sua “anticruzada” como uma guerra civil religiosa americana.

4 comentários:

  1. Achei engraçada a ideia de desbatizar, mas se você é ateu, pra que perder tempo odiando Deus?

    ResponderExcluir
  2. Eu acho q ñ é o ódio a Deus, kra. É o ódio à religiosidade e à forma como isso afeta a vida de todos, inclusive a de quem não é religioso. Nesse caso, vejo muito sentido em protestos bem humorados como esse.

    ResponderExcluir
  3. É, até que o que você disse faz sentido... Achei engraçado a criatividade do cara pra desbatizar, quem mais teria pensado em um secador?

    ResponderExcluir
  4. Verdade. Eu já pensei em fazer um batizado com vinho, mas nunca em desbatizar com um secador.

    ResponderExcluir