quarta-feira, 17 de março de 2010

Dionisíaca Urbana #1

No último domingo, dia 14, rolou a primeira Dionisíaca Urbana. Faz parte de um projeto meu de realizar releituras dos 3 grandes festivais anuais em honra a Dionísio que aconteciam na Grécia Antiga: Dionisíacas Urbanas, Dionisíacas Rurais e Grandes Dionisíacas. Resolvi começar devagar, fazendo um evento menos pretensioso do que eu realmente gostaria. No caso, fiz um churrasco no motel.

Reservamos uma suite (Amaze) do VIPs, que tinha pista de dança, banheira de hidromassagem, sauna seca, sauna a vapor, dois quartos, home theater, piscina, churrasqueira... Compramos um monte de carne, queijo, pão, refrigerante... Claro que tinha cerveja (devassa, pra combinar) e vinho também. Ainda descolamos um espumante de cortesia.

O número de pessoas foi menor do que eu esperava quando inventei o evento, é verdade. Imaginei 20 pessoas, mas as 13 que foram pareciam ter sido selecionadas pelo próprio Dionísio. Gente com pouca intimidade, mas que logo se entrosou e deu vida àquilo que nas palavras de todos os presentes foi o melhor churrasco de todos os tempos. Poucos, porém bons.


É claro que tivemos alguns contratempos, como nossa incompetência para acender a churrasqueira, o fato de eu ter cozinhado o arroz (fiz também a farofa e o vinagrete, mas esses ficaram gostosos), o fato de meu pai ter sumido com as caixas de isopor aqui em casa e eu ter que comprar de última hora, termos chegado uns 30min depois da hora da reserva (quando poderíamos ter chegado duas horas antes) e por aí vai...

Eu tinha sugerido que as pessoas fossem fantasiadas de algo contra o qual quisessem protestar. Só 3 pessoas e meia aderiram à idéia. Eu e mais 3 garotos. Virou um churrasco completamente herege (e isso não foi combinado), pois tínhamos um padre, um Adão e um Jesus. Parece começo de piada, ne? "Adão, Jesus e um padre estão num motel..." A meia-fantasia foi um stripper que teve vergonha de mostrar sua cuequinha por deixar a bunda de fora. Só mostrou quando uma mulher lá negociou isso em troca dela mostrar os peitos.

Aliás, essa foi a deixa para que o cara que disse "seus amigos são muito parados" voltasse atrás. Daí pra frente as coisas só melhoraram. Teve de tudo. Teve gente que ficou completamente pelada (eu inclusive, é claro), teve homem que só tirou a camisa, teve garota de calcinha e sutiã, teve garota que permaneceu de biquini. Teve topless e teve bottomless. Teve uma garota caindo de bêbada e teve gente completamente sóbria. Teve uma apresentação-pseudo-artística-herege minha lendo um trecho da bíblia para Adão. Teve sexo na piscina, na pista de dança, nos quartos e acho que até no meu carro. Teve gente curtindo se exibir, teve gente curtindo observar. Teve beijo entre meninas, teve lésbica ficando com homem, teve uma mulher que transou com ao menos 4 pessoas diferentes, teve sexo a 3 e teve gente que sequer beijou na boca. E todos se divertiram fazendo o que fizeram.

Momentos engraçados? Tivemos muitos! Vejam alguns...
  • Garoto lá com vergonha que vissem a bunda dele
  • Gente andando pelada como se estivesse vestida
  • Picanha na piscina!
  • Frango na piscina!
  • Garota literalmente caindo de bêbada
  • Gente sendo puxada pra piscina com roupa e tudo
  • Fotos do padre com Jesus
  • Fotos do padre, Jesus e Adão fazendo propaganda da devassa
  • Garota caindo feio no chão ao tentar aprender pole dance
  • Sutiã (feioso) voando lá embaixo no estacionamento (na cara de um motoqueiro que passava)
  • Sauna com uma concentração de 3 pessoas por metro quadrado
  • Hidromassagem em que cabiam 3 ou 4 pessoas no máximo sendo desafiada a suportar 7 pessoas ao mesmo tempo
  • Cerveja no piru!
  • E o cenário de fim-de-festa-de-filme-americano ao término do churrasco, com dezenas de latinhas pelo chão, garrafa quebrada, tudo molhado, camisinhas espalhadas e ainda com um roupão pendurado no vidro espelhado que cercava a suite. Pena que esqueci de fotografar isso.
E sei que posso ser apedrejado, mas acho que o melhor veio depois do churrasco. Além de todo mundo agradecendo e elogiando o evento durante e depois (inclusive gente me ligando só pra isso), recebi três comentários que achei que agradariam muito nosso deus. O primeiro, simples, mas bastante entusiasmado, dizia apenas "loucuraaaaaaaaa". O segundo, de uma jovem que eu jurava que não se entrosaria, foi "mto livre". Ela não poderia ter escolhido melhor suas palavras para nos agradar (eu e Dionísio). O último foi de uma amiga que era uma grande promessa para o evento e infelizmente não compareceu. Quando falei sobre o problema do dinheiro, eis o que ela disse: "contribuir pra sua festa é um ato político, meu bem!" e "conte SEMPRE com meu patrocínio, sempre mesmo!". Quase chorei.

Aproveito a oportunidade para dizer que vocês fizeram o evento, eu só juntei as pessoas. Obrigado e parabéns.

Que este espírito se propague cada vez mais.
Evoé!

9 comentários:

  1. foi foda pra caralhooooooo!!

    "melhor churrasco de todos os tempos" [2]

    "muito livre" [2]

    e, ao invés de "loucuraaaaaaaa", eu digo "sanidadeeeeeeeee" (é que só me sinto são quando me sinto livre)

    ResponderExcluir
  2. ah, eu trouxe uma calcinha rosa de lembrança que deixaram lá, huaheuuhhaeu

    ResponderExcluir
  3. Putz! Perdi neh!!
    Prometo que no proximo eu dô um jeito de ir!!
    Bjxxxx ;)

    ResponderExcluir
  4. Caio, por acaso essa calcinha é uma rosa e preta? Se for, entrega pro Will que eu pego com ele. É de muita estima pra mim! rsrs Beijos da "garota caindo de bêbada"!

    ResponderExcluir
  5. nhón, ficou com apelo sentimental o finalzinho do post.. *-*

    ResponderExcluir
  6. maldito orçamento fodido >_<"
    no próximo irei com loli ou sem loli =*

    ResponderExcluir
  7. Esqueci de fazer um agradecimento. Todos devemos agradecer à UFRJ, cujo dinheiro tornou esse evento possível.

    Antes q sugiram, eu ñ desviei verba ñ. Só recebi a bolsa d vários meses d uma vez só. Foi Minerva ajudando Baco.
    Evoé!

    ResponderExcluir