terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Chupar é ser escravo do chupado

uma campanha antifumo, que exibe jovens ajoelhados sugerindo que estejam fazendo sexo oral forçado, está gerando polêmica na França.

slogan : "Fumer, c’est être l’esclave du tabac" (fumar é ser escravo do tabaco).

a campanha terá lugar em jornais e em estabelecimentos públicos (bares, discotecas, etc.) até o dia 31 de maio.

o objetivo dos publicitários: chocar. missão cumprida: desde ontem, a campanha vem suscitando uma série de reações hostis.

"Misturar o vício ao tabaco e sexo é um atalho ridículo e ultrajante." - disse Christiane Therry, delegada geral de Familles de France.

"É cruel e mal-colocado: já pensou na reação de uma vítima de abusos sexuais frente à isso?" - adicionou Christiane Ruel, presidente da Enfance et Partage.

as associações feministas contestam a aparente demonização do sexo: "Ao meu ver, praticar sexo oral não provoca câncer." - ponderou Antoinette Fouque, cofundadora do Mouvement de libération de la femme.

"Isso vai chocar os adultos sem atingir os adolescentes." - afirmou Bertrand Dautzenberg, presidente da associação francesa de prevenção do tabagismo.

"O discurso clássico que o cigarro faz mal não funciona mais." - disse Marco de La Fuente, coordenador do projeto BDDP & fils.

mas qual a mensagem por trás disso? "A mensagem é: o tabaco é uma forma de submissão. No imaginário coletivo, o boquete é o símbolo perfeito da submissão." - conclui Gérard Audureau, o presidente da DNF (Direitos dos Não-fumantes).

e você, qual é a sua reação?

Oráculo: Le Parisien


atualização: a campanha foi suspensa pela Arpp (Autoridade de Regulação Professional da Publicidade). que absurdo!

11 comentários:

  1. Cara, eu achei muito boa a campanha. Dá o recado e leva a pensar, nem q seja pra começarem polêmicas desnecessárias, como "praticar sexo oral não provoca câncer". PORRA! É engraçado ver gente criando caso com coisas q me parecem besteira. Parece só vontade de reclamar ou de falar algo pras câmeras q dê visibilidade à instituição q se está representando. Mas ao menos tá repercutindo. Eu só acho q deveriam buscar outras formas de simbolizar a submissão, não apenas usando a sexualidade. E principalmente não usar só o sexo oral entre dois homens.

    Vou mostrar pro meu pai. Sei q ñ vai adiantar absolutamente nada, mas gosto d implicar.

    ResponderExcluir
  2. a campanha não tem essa foto só não, têm fotos com mulheres também

    ResponderExcluir
  3. Imaginei. Ainda assim, acho q quanto mais possibilidades d submissão eles usarem melhor. Ficar só no sexo oral ou mesmo só no sexo me parece um erro.

    ResponderExcluir
  4. se eles usassem várias imagens com "temas" diferentes a campanha correria o risco de não ficar coesa, de ficar mal-caracterizada. mas se a campanha tá sendo bem divulgada como parece estar sendo, acho que a sua ideia poderia funcionar sim, apesar de que perderia o objetivo principal dos publicitários, que era chocar as pessoas.

    você teria ideia pra outras fotos?

    ResponderExcluir
  5. Só pensei em BDSM e em escravidão, mas nem saberia como associar isso ao cigarro.

    Acabei de pensar em submissão religiosa também, mas ñ funcionaria. Primeiro pq a maior parte das pessoas considera isso uma boa coisa. Depois, pq criaria tanta polêmica em torno dessa escolha que a polêmica sobre o cigarro seria esvaziada. Por fim, pq eu tb ñ saberia como realizar. Talvez um "homem-bomba" que acendesse vários cigarros em um recinto fechado, condenando à morte todos os presentes...

    OK. Desisto da carreira d publicitário.

    ResponderExcluir
  6. e por que você acha que usar só a sexualidade para simbolizar a submissão é um problema?

    ResponderExcluir
  7. Pq até choca bastante, mas fica td mt ligado à sexualidade. As pessoas esquecem q a campanha trata de submissão e que o sexo foi só UMA forma encontrada pra falar isso. É só ver a maior parte das críticas feitas. Elas tratam do sexo e não da submissão. Penso q retratar outras formas de submissão pode tirar um pouco a sexualidade do centro da cena e colocar o que realmente importa: a subserviência.

    Sem contar q vai até fazer quem curte ser dominado começar a fumar.

    ResponderExcluir
  8. entendi o seu ponto de vista.. tem razão

    "Sem contar q vai até fazer quem curte ser dominado começar a fumar." - eahueaheaueahueau

    ResponderExcluir
  9. acabei de ler que a campanha foi suspensa

    http://www.leparisien.fr/societe/la-campagne-antitabac-suspendue-25-02-2010-828015.php

    ResponderExcluir
  10. Jamais se consegue um objetivo colocando outro como meta a atingir.

    Chupar bala para deixar de fumar, mascar chicletes, nada funciona.

    O que funciona é a decisão: Vou parar de fumar agora!

    Qualquer um consegue.

    Eu consegui!

    ResponderExcluir
  11. Hi, i think that i saw you visited my web site so i came
    to “return the favor”.I'm trying to find things to enhance my web site!I suppose its ok to use a few of your ideas!!

    my web page :: new cellulite treatment

    ResponderExcluir