segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Calcinha não!

Vocês devem ter reparado em uma pequena imagem de uma calcinha no menu ao lado. Aderimos à campanha Calcinha não!, que achei no Se correr o bicho pega..., que achou no blog do Casal Porto Alegre.

A idéia é bem simples: estimular que as mulheres abandonem essa peça de roupa ou, ao menos, usem-na o mínimo possível. De preferência, quando usarem saia ou vestido. Não vamos pedir pras mulheres ficarem sem calcinha quando estão de jeans, por exemplo. Machuca e não é mais fácil ver ou tocar. Também não vamos apoiar a falta de calcinha quando se está menstruada, mesmo querendo acreditar na propaganda do O.B..

Os motivos para aderir não passam de três.
  1. É saudável. Apesar das opiniões se divergirem freqüentemente acerca deste assunto, é bem fácil achar textos que defendem a importância de se ventilar a perseguida. Calcinhas abafam e esquentam a região, facilitando a proliferação de fungos e bactérias. Sei que existem aqueles que dizem que a peça protege contra infecções do meio, mas acho isso balela. Cadê as infecções nas índias? Cadê as infecções na Paris Hilton, na Britney ou na Adriane Galisteu? Acho que se a mulher não trabalhar em um deposito de lixo e for minimamente higiênica (lavar-se algumas vezes ao dia) não tem porque ficar paranóico com isso. (Link 1, link 2, link 3)
  2. É excitante. Saber que qualquer um pode ver ou que está desprotegida, ao alcance do toque, é uma das coisas mais estimulantes que podem haver. O risco, a provocação, a curiosidade, o desejo... O homem sabe que só ele vai ver ou que outros vão ver, mas só ele vai tocar. A mulher sente que todos na rua a querem e se perguntam o que há por baixo da saia. Talvez até imaginem que não há nada, mas só ela tem essa certeza. Ou a mulher mostra pra quem ela quiser, o que também pode ser bem excitante.
  3. É confortável. É uma peça de roupa a menos apertando seu corpo e ainda bate aquele ventinho agradável. Ninguém nasce de calcinha, só são ensinadas a gostar dela. Não tenho dúvida de que é difícil no começo, mas é só uma questão de acostumar (ou desacostumar). Conheço garota que curte ficar em casa ou mesmo sair assim, até quando vai fazer algo inocente como comprar pão.
Não posso falar por todos os homens, mas não há no mundo nada que me deixe com mais tesão que uma mulher de saia ou vestido sem nada por baixo. Sempre dou um jeito de fazer a garota que está comigo tirar (confiram o conto sobre a Foxx Rock). Garanto que, como eu, uma grande parte dos homens vai enlouquecer quando souber que há uma barreira a menos entre eles e o objeto de desejo.

Existem ainda aqueles que afirmam que a calcinha é uma peça de sedução indispensável, mas eu defendo que isso é apenas uma forma de compensar um costume culturalmente imposto. Tanto é que normalmente as mais valorizadas são as menores. É uma forma de manter a tradição tola de usar calcinhas, mas dando vazão ao desejo de que ela não estivesse ali.

Para concluir, só queria deixar claro que esta é a minha opinião. O Caio e a Sapa ainda preferem um mundo onde as calcinhas existam. Apesar disso, concordaram que apoiássemos a campanha. Então seja ecológica e deixe sua perereca livre. Calcinha não!

    8 comentários:

    1. Eu apoio com toda certeza essa ideia... afinal pra que viver apertada se elas podem ser soltas ;)

      ResponderExcluir
    2. Se a campanha der certo, ano q vem ñ vai acontecer o #lingerieday. =P Acho ótimo. Talvez o #nakedday ou o #upskirtday, #pantielessday...

      ResponderExcluir
    3. Claro... lindo você estar passeando com sua namorada na rua, bate um vento e metade da cidade vê a buça dela.

      Pode até ser excitande, confortável e o caramba a quatro, mas da mesma forma que homens não devem sair sem cueca porque gera situações que não queremos gerar (membro balançando de um lado para o outro quando anda, uma calça que molha e mostra o pau, criancinhas na rua perguntando para suas mães o que é aquele volume na calça), mulheres devem usar calcinha para evitar outras situações também, como molhar a calça quando ficar excitada, deixar aparecer se a calça ficar molhada, ter crianças sexualizadas antes do tempo, deixar respingo de mijo na calça, evitar que o "ventinho" cheio de fulígem da cidade (ou de poeira no campo)entre, evitar que o suor da virilha desça perna abaixo, etc, etc, etc.

      Pqp, o que um pouco de "pare e pense" não evitaria....

      ResponderExcluir
    4. Sem dúvida essas coisas que você falou são possíveis, mas vamos analisar a situação?

      Com que freqüência esses ventos poderosos acontecem e fazem com que a calcinha de uma garota fique à mostra? Se isso raramente acontece com garotas de calcinha, não vai acontecer mais só por elas estarem sem essa peça de roupa. Ainda é possível, mas continua improvável.

      Queria comentar o que você falou sobre os homens, mas ficaria grande demais. Fiquemos com as mulheres só.

      Recomendei que mulheres usassem a calcinha com saias ou vestidos, coisa que muitas fazem e talvez você nunca tenha reparado, caro anônimo. Uma saia só molharia se a mulher ficasse MUITO, mas MUITO excitada. Escorrendo. Saia ou vestido, se não forem de um tecido muito escroto, não mostrariam a xana se molhassem. Só se ficassem completamente transparentes. Deixar respingar mijo na calça eu nem preciso comentar, ne? A calcinha pode evitar o contato com o vento contendo impurezas sim, mas pra uma mulher com um mínimo de higiene, isso não deveria ser uma preocupação tão grande. Quanto ao suor, ele pode vir da coxa e descer perna abaixo. Uma calcinha não ajudaria a evitar isso e o resultado seria exatamente o mesmo (algo não tão grave aliás).

      A respeito do tempo de sexualização das crianças, será motivo para outro post. Aguarde. (momento teaser do SBT =P)

      ResponderExcluir
    5. Pois eu já aboli essa peça do vestuário há quase 2 anos e honestamente? Não me arrependo nada.

      Nunca peguei infecções, nunca ninguém viu mais do que deveria, nunca nenhum ventinho me expôs ao ridículo.

      Agora as vantages? Inúmeras! Chegar ao fim do dia sem aquela marquinha na cintura de calcinha que apertou o dia todo é a MAIOR delas.

      Fora o lado carnal da coisa. Quer coisa melhor do que levar a mão do peguete/namorado/ficante/whatever pro meio das suas pernas e vê-lo enlouquecer quando perceber que não tem nada entre a calça/saia/shorts/vestido/whatever e o que ele tanto deseja?


      Aderi a campanha FAZ TEMPO e recomendo pra todas as mocinhas ;D

      ResponderExcluir
    6. 2 comentarios
      Primeiro:Lucas akio _|_
      Segundo:Não as calcinhas,não as roupas!!!
      Bora todos "naturalistas"

      ResponderExcluir
    7. Eu mwsmo não uso calçinha nao gosto

      ResponderExcluir